sábado, 17 de setembro de 2016

"Final de carreira", diz usuário de restaurante popular. Três unidades fecharam as portas e outras três podem parar esta semana

O fechamento dos restaurantes populares no Rio de Janeiro - mais uma consequência da crise instalada no Estado - afeta não apenas os usuários destes espaços, mas também centenas de funcionários que foram dispensados nas últimas semanas. Três unidades fecharam as portas na semana passada e nos próximos dias, outros três restaurantes, incluindo o da Central do Brasil, podem encerrar as suas atividades para o público.
Reprodução Band


" errado isto, a gente não pode pagar pela roubalheira dos políticos não", disse uma frequentadora da unidade da Central para a reportagem do SBT, nesta sexta-feira (16/9). Os clientes de baixa renda que encontraram nos restaurantes populares a solução para se alimentarem no café da manhã e almoço, lamentam o descaso do governo. A rede cobra pelo café da manhã apenas R$ 0,50, já o almoço é vendido a R$ 2.

Nenhum comentário:

Postar um comentário