quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Olimpíada avança e com ela o número de vítimas da violência no Rio

Um dia após o ataque a tiros que deixou três integrantes da Força Nacional de Segurança feridos, um deles em estado grave, cinco alemães foram assaltados na manhã desta quinta-feira (11/8) nas Paineiras, em Santa Teresa, região central do Rio de Janeiro. De acordo o Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas, duas das vítimas ficaram feridas. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especial de Apoio ao Turismo.

O policiamento foi reforçado nesta quinta (11) na Vila do João, no Conjunto de Favelas da Maré, na Zona Norte. Agentes da Força Nacional fizeram blitz nos acessos à comunidade desde as primeiras horas da manhã. No final da tarde desta quarta (10), um carro da Força Nacional entrou por engano no local e foi atacado por criminosos, deixando dois militares feridos. O soldado Hélio Andrade foi atingido por um tiro de fuzil na cabeça e seu estado de saúde ainda é grave. Ele foi operado por uma equipe de neurologista no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, também na Zona Norte. 


Policiamento é reforçado na Vila do João, no Complexo da Maré, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Os acessos à Vila do João e à Vila dos Pinheiros foram bloqueados menos de 24 horas após o ataque a tiros que deixou três agentes da Força Nacional feridos (Foto: Jose Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Foto: Jose Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo


Nenhum comentário:

Postar um comentário