terça-feira, 12 de julho de 2016

Fogo Cruzado no Rio: Anistia lança aplicativo para monitoramento de tiroteios

Em tempos de violência sem limites na "Cidade Olímpica", a Anistia Internacional lança nesta terça-feira (12/7) a plataforma digital batizada de "Fogo Cruzado", criada para monitorar troca de tiros na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A ferramenta online permite também que qualquer internauta acrescente informações de tiroteios em áreas do Grande Rio, de forma anônima.   

O aplicativo pode ser acessado pelo endereço eletrônico fogocruzado.org.br. Após o cadastro que inclui o nome e endereço eletrônico, o participante pode indicar o local do confronto armado naquele momento. Os dados pessoais do internauta não são divulgados. O portal conta ainda com notícias sobre violência e questões ligadas à Direitos Humanos. Tem ainda relatórios periódicos com dados acumulados da semana, mês e trimestre, este último apresenta avaliações das consequências dos tiroteios nas regiões afetadas, como fechamento de instituições escolares e atrasos no transporte público. O número de vítimas é contabilizado nos relatórios. 

“Com isso, é possível que as pessoas tenham noção de onde está acontecendo tiroteio. E, semanalmente, poderemos ter dimensão de áreas do Rio de Janeiro onde há mais incidência de fogo cruzado, mais incidência de disparos de armas de fogo”, explica Cecília Olliveira, gestora de dados do Fogo Cruzado. Por enquanto, o aplicativo atende as comunidades do Jacarezinho, Manguinhos, Complexo da Maré, Complexo do Alemão, Acari, na Zona Norte; Cidade de Deus, na Zona Oeste; e Morro Agudo, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.
Reprodução Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário