Após pedido de Garcia, Prefeitura regulariza vagas no entorno do "Hospital dos Bombeiros"

O secretário Municipal de Transportes do Rio de Janeiro, Rafael Picciani (PMDB), cumpriu a promessa feita ao vereador Marcio Garcia (REDE) há dois meses, de regulamentar vagas para veículos em frente ao Hospital Central Aristarcho Pessoa, mais conhecido como “Hospital dos Bombeiros”, no Rio Comprido. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira (1/6), e disponibiliza 52 vagas na Avenida Paulo de Frontin e no entorno da unidade médica. Importante ressaltar que os locais ainda precisam ser sinalizados e feitas as pinturas necessárias indicando as vagas. 

A reclamação de pacientes e servidores do hospital é antiga, e a falta de espaço para os carros na região já causou muitos transtornos e gerou multas e prejuízos para os motoristas.  

>>Transtorno no ‘Hospital dos Bombeiros’: faltam vagas de estacionamento


"Hospital dos Bombeiros" no Rio Comprido. Foto: Divulgação/ CBMERJ
Em uma reunião realizada no mês de março com Picciani, o vereador apresentou as muitas reclamações que vinha recebendo no seu gabinete, tanto de funcionários quanto de pacientes que realizam tratamento no hospital da corporação. Garcia fez a proposta de abrir espaço para os carros na área que fica embaixo do Elevado Engenheiro Freyssnet. Nos últimos meses, muitos motoristas que estacionaram no local tiveram os seus carros rebocados e ainda pagaram multas. 
  
Cerca de 500 funcionários trabalham em turnos alternados no Hospital dos Bombeiros. A maioria utiliza o transporte particular para chegar ao local. A procura por estacionamentos nas proximidades da unidade médica é constante, mas as vagas são raras e, quando disponíveis, são cobradas num preço bem salgado. 
Reprodução Diário Oficial do Município