terça-feira, 31 de maio de 2016

Agência de classificação de risco rebaixa nota do Rio

A situação das finanças do Estado do Rio continua indo de mau a pior. O cenário é complexo e muito preocupante. A grave crise que se abateu sobre os cofres públicos se reflete em todos os setores da economia, com aumento do desemprego, queda nos investimentos. Nem pagar os servidores públicos em dia o governo fluminense tem conseguido. Agora, para piorar a situação, a nota do Estado foi rebaixada pela agência de classificação de risco Standard and Poor’s (S&P), de BB- para B-.

    Sinal vermelho: avaliação da S&P coloca o Estado em situação ainda mais delicada

O motivo para a reclassificação foi o não pagamento do serviço da dívida contraída pelo Rio no valor de R$ 30 milhões. O montante é referente a um empréstimo contraído junto a Agência Francesa de Desenvolvimento.

Como as agências internacionais de classificação também trabalham com perspectivas - e não somente com dados econômicos de momento - a falta de ação do governo para estancar a grave crise foi determinante para a decisão da S&P. Esse ambiente negativo leva naturalmente as agências a entender que há um clima de incerteza quanto à disposição para quitar a dívida.


Leia íntegra sobre o assunto na matéria do G1:

Nenhum comentário:

Postar um comentário