quinta-feira, 28 de abril de 2016

GM: benefício-alimentação congelado em R$ 12 há 4 anos


Um benefício-alimentação de R$12 por dia. E sem reajustes há nada menos que quatro anos. É essa a realidade dos mais de 7 mil guardas municipais que atuam hoje nas ruas da capital do Rio de Janeiro. A categoria sofre com o congelamento dos valores, que acaba achatando, ainda mais, o salário dos profissionais.


Guarda Municipal do Rio. Foto: Divulgação / Ascom Prefeitura RJ


O impasse levou vários integrantes da Guarda Municipal da cidade a procurar o vereador Marcio Garcia (REDE). Preocupado com a situação dos trabalhadores, o parlamentar apresentou uma indicação à Mesa Diretora da Câmara para que o Executivo reajuste os valores praticados atualmente. A intenção do projeto, em tramitação na Câmara é pressionar para que o benefício seja reajustado para R$ 24 diários, passando dos atuais R$ 360 mensais para R$ 720.

“A situação é absurda e não se justifica. Não há reajuste desde 2012. Outras categorias de servidores do Rio vêm recebendo valores atualizados. Por que a Guarda não tem direito?”, questionou Marcio Garcia.

Descompasso com a inflação
Em sua argumentação, o vereador ainda destaca o atual cenário econômico do Brasil, em que “os preços dos alimentos não param de subir, não sendo justo o recebimento dessa ínfima quantia”. No projeto, o vereador lembra da relevância da Guarda Municipal para a segurança pública. 

No projeto, ele reforça que a corporação tem a função de guardiã do ordenamento jurídico, “garantindo a manutenção da paz e proteção de bens, serviços e instalações municipais”.

Um comentário:

  1. Obrigado vereador Márcio Garcia por olhar mais uma vez pela guarda municipal do RIO

    ResponderExcluir