terça-feira, 29 de março de 2016

Sem acordo com o município, aprovados da GM voltam a protestar

Os candidatos aprovados no concurso do município do Rio para a Guarda Municipal voltam a realizar um protesto esta semana. Na próxima quinta-feira (31), o grupo irá em busca do apoio do Ministério Público (MP) para a causa da categoria. Os concorrentes reivindicam a convocação de 2 mil aprovados nas provas, realizadas em 2012. Para a homologação do concurso, falta apenas a realização do curso de formação, o que vem sendo postergado. A Prefeitura alega não ter recurso para a contratação dos novos guardas.

    Em busca da nomeação: grupo realizou um buzinaço em frente à Prefeitura na semana passada 

O ato repetirá o protesto realizado na última quarta-feira (23) em que foi promovido um buzinaço em frente ao prédio da Prefeitura. Segundo representantes do grupo dos candidatos aprovados, como não houve respostas concretas nas conversas com o Executivo municipal, a nova mobilização está sendo convocada.

Desta vez, o ato será em frente ao prédio do Ministério Público, no Centro da cidade. A idéia é pressionar o órgão para se sensibilizar à causa da categoria. O grupo irá se reunir nas escadarias da Câmara Municipal, às 9h, e seguirá em caminhada até o MP.

“Faremos mais um ato pacífico, com o objetivo de chamar a atenção do Ministério Público para a nossa causa. Essa demora toda tem ferido alguns princípios de direito, e queremos que o MP intervenha de alguma forma”, afirma o candidato Leandro Souza, um dos aprovados no concurso. Ele lamenta o fato de ter sido criada uma grande expectativa entre os concorrentes e a convocação não ter se concretizado. “Não aguentamos mais aguardar. Aguardaremos até quando?”, desabafa.

O vereador Márcio Garcia (REDE) vem acompanhando com preocupação a situação por que passam os aprovados. O parlamentar chegou a presidir uma comissão na Câmara para tratar do assunto e vem questionando os motivos da interrupção do processo de homologação. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário