domingo, 13 de março de 2016

Rendição na Central vira polêmica em quartel da PM


O comando do 5o. Batalhão de Polícia Militar (Praça da Harmonia) no Rio de Janeiro colocou em prática na semana passada uma nova rotina que está recebendo muitas críticas da tropa. Segundo informações em sites gerenciados por PMs, o comandante do batalhão, Coronel Wagner Nunes, determinou que a rendição passa a ser feita na Central do Brasil, numa área aberta no Centro, sendo assistida pela população e em pleno horário do rush. A Central é um dos locais mais movimentados da cidade no horário de retorno do trabalhador para a casa.



Os PMs reclamam que, com a nova rotina, o horário de expediente no quartel se estendeu por quase duas horas. "Esperamos a van tanto para ir como para voltar [da Central do Brasil] para o batalhão, sabendo que a van só vai sair quando todas as guarnições estiverem completas no pátio da OPM. Somos expostos e com isso um atraso de quase duas horas para ir para casa. (...)pra piorar a situação, a van não abre as portas, temos que pular por trás em plena Central do Brasil. Onde vamos parar?", desabafa um internauta no blog "SOS Policiais Militares".

Nenhum comentário:

Postar um comentário