quinta-feira, 31 de março de 2016

Esposas pedem salário em dia e melhores condições para Policiais Militares

Dezenas de esposas e parentes de Policiais Militares fizeram uma manifestação na tarde desta quinta-feira (31/3) no Centro do Rio de Janeiro. O ato em frente a Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), foi para revindicar a regularização do pagamento salarial dos policiais, além de melhores condições de trabalho e assistência para as famílias de PMs feridos em serviço. Nos últimos meses, a categoria vem sofrendo sucessivos cortes em benefícios, entre eles a do Regime Adicional de Serviço (RAS) - adicional por serviço extra -, que desde o ano passado não é efetuado pelo Seseg. O grupo pede ainda o retorno do calendário oficial de pagamento de salários, que foi alterado do quinto para o décimo dia útil do mês.
Protesto de esposas de PMs na Central do Brasil pede salários em dia e melhores condições de trabalho para o setor de segurança

Segundo as esposas dos policiais, muitos deles estão adoecendo em função das péssimas condições de trabalho. Elas contam que as viaturas estão em péssimo estado de conservação, assim como os coletes sujos, sem contar a falta de combustível para abastecer as unidades móveis. 

O vereador Marcio Garcia (REDE) recebeu em seu gabinete, na semana passada, um grupo de parentes dos policiais para discutir as pautas apresentadas pelos familiares. O parlamentar entrou com Ação Pública Civil (APC) na Vara de Fazenda Pública, exigindo a regularização dos benefícios da classe e ressarcimento aos transtornos causados pelos pagamentos em atraso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário