quarta-feira, 30 de março de 2016

Esposas de PMs fazem protesto contra corte de benefícios

As esposas de policiais militares do Estado do Rio realizam, nesta quinta-feira (31), um grande ato em protesto contra o corte de benefícios dos servidores estaduais da Segurança Pública nos últimos meses. O grupo quer pressionar o governo a rever o corte de algumas garantias básicas, como o pagamento dos salários no dia 5 de cada mês. As esposas dos PMs também reivindicam a volta do pagamento do Regime Adicional de Serviço (RAS), duramente afetado pelos cortes orçamentários do Estado.


Camiseta-símbolo do movimento: grupo de esposas vem se mobilizando nas redes sociais

Este será o primeiro grande ato realizado por esposas de policiais militares em defesa das garantias e benefícios da PM. A crise econômica que assola as finanças do Rio está afetando diretamente os servidores da ativa e os inativos. 

As precárias condições de trabalho, com viaturas em péssimo estado de conservação, por exemplo, também estão na pauta de reivindicações – e preocupações das esposas e da categoria.

A expectativa é de que dezenas de mulheres participem do ato, que terá concentração na Central do Brasil, a partir das 16h. A manifestação está prevista para percorrer as principais ruas do Centro da cidade.


O vereador Marcio Garcia (REDE), que chegou a receber um grupo de esposas de PMs para discutir as reivindicações da categoria, apoia o movimento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário