sexta-feira, 4 de março de 2016

Discussão sobre transporte alternativo volta à Câmara

O tema transporte alternativo voltou na tarde desta quinta-feira (3/2) ao Plenário da Câmara Municipal do Rio e tirou o sossego de alguns vereadores. Um recurso referente ao projeto de lei complementar 136/2015, de minha autoria entrou em votação. Constrangidos e desconfortáveis em aniquilar o projeto já na Comissão de Constituição e Justiça, algo muito incomum, muitos vereadores optaram pela ausência e, sem quórum, a sessão terminou em poucos minutos.  



O recurso impetrado pelo vereador Marcio Garcia, em dezembro de 2015, é contra a decisão da Comissão de Justiça e Redação da Casa, também publicada no mesmo mês, de arquivar o PLC 136/2015, sob a alegação de que a famosa Lei 3360/2002, que trata da atuação do transporte complementar na cidade, já inclui todas as cláusulas citadas no PLC. Nesta quinta (3), uma nova publicação da Comissão de Justiça e Redação, com parecer do vereador Thiago K. Ribeiro (PMDB), opina pelo não acolhimento do recurso, que acabou entrando em votação na sessão ordinária.

O PLC do transporte alternativo tem foco na circulação das vans nos chamados horários intermediários, especialmente durante a madrugada. Pela proposição, a rede suplementar teria permissão para buscar passageiros nas rotas dos ônibus e somente nestes horários, levando em conta a diminuição das frotas de coletivos pelas empresas de transporte urbano.

“Os veículos de baixa capacidade de usuários, como as vans e kombis, seriam mais eficientes nestes períodos, além de econômicos e seguros. Os ônibus circulando vazios durante a madrugada são mais suscetíveis a assaltos”, alega o vereador Marcio Garcia. 

Na próxima terça o projeto retorna para a ordem do dia e mais uma vez o transporte alternativo vai ter a chance de disputar com as empresas de ônibus os passageiros da cidade.


3 comentários:

  1. Isso não poder voltar este serviço é uma máfia

    ResponderExcluir
  2. Isso não poder voltar este serviço é uma máfia

    ResponderExcluir
  3. Michele sabino da babilonia27 de março de 2016 14:57

    Bombeiro tudo bem fiz sua companha voluntariamente na faculdade Suam. o corpo de bombeiro estava em crise vc veio e vi que poderia ser a esperança dos caras que eu mais respeito.

    ResponderExcluir