segunda-feira, 14 de março de 2016

Após penar em hospital municipal, Paes convoca secretário para mudar "cultura de atendimento"

A coluna de Berenice Seara, do jornal Extra, publica nesta segunda-feira (14/3) que o prefeito do Rio Eduardo Paes (PMDB) convocou uma reunião com o secretário de Saúde, Daniel Soranz, para tratar da implantação de medidas "que tragam mudanças na cultura de atendimento aos pacientes". A decisão de Paes, segundo a colunista, veio em resposta à situação vivida por ele e sua família no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, zona Oeste da cidade, neste domingo (13/3). O prefeito procurou atendimento para o seu filho que se acidentou e acabou deixando a unidade hospitalar decepcionado com o serviço e ainda ouviu de pacientes que a situação - "normal é ainda pior".  
Reprodução internet


O filho do prefeito, Bernardo, que tem 11 anos, se machucou em uma partida de hóquei. A mãe, Cristine, procurou, primeiramente, um hospital particular, mas o prefeito acho que "emergência é coisa de hospital público", segundo a coluna do Extra. No Lourenço Jorge, o prefeito teve uma situação de estresse com a doutora e concluiu que o atendimento na unidade não está lá grandes coisas. Insatisfeito, Paes buscou a opinião de outros pacientes que estavam na triagem do hospital e acabou ouvindo o que não queria - "o normal é ainda pior". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário