sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Bombeiros de Irajá socorrem vítimas de desabamento. Duas pessoas morreram

Duas casas desabaram na noite desta quinta-feira (21/1) na Rua Guirareia, em Irajá, na zona Norte do Rio. Cerca de 80 bombeiros do quartel de Irajá foram acionados para o local e durante toda a madrugada trabalharam no socorro às vítimas, inclusive com o auxílio de cães farejadores. Das cinco pessoas soterradas, duas morreram - Lídia de Lima, de 81 anos, Alessa Caroline Ferreira Fernandes, de 17 anos, ambas moradoras. Os motivos do desabamento ainda estão sendo investigados pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli e pela Defesa Civil, mas há indícios de construção irregular.  
Reprodução TV


Vizinhos das vítimas comentaram que era uma "tragédia anunciada". Segundo eles, a Defesa Civil teria notificado os moradores da casa, há cerca de um ano, quanto os ricos da construção. No entanto, a responsável pelo imóvel, Rosemary Fernandes, de 41 anos, não teria acatado os alertas feitos pelo órgão. Romemary perdeu a filha e a mãe na tragédia. Os outros dois filhos da mulher sofreram ferimentos leves. O caso está sendo investigado pelo 27ª DP (Irajá).



Nenhum comentário:

Postar um comentário