sábado, 31 de outubro de 2015

Vereador Marcio Garcia é reconduzido à presidência da Comissão de Defesa Civil da Câmara

O vereador Marcio Garcia (Rede/RJ) foi reconduzido à presidência da Comissão de Defesa Civil da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (29) no Diário da Câmara. A vice presidência ficou na responsabilidade da vereadora Rosa Fernandes (PMDB). 




A votação que aprovou o nome do parlamentar como membro da Comissão aconteceu no dia 20 de outubro, em sessão ordinária no Plenário. Um dos projetos prioritários apresentado por Garcia na Comissão diz respeito à regulamentação e especificidades da profissão de bombeiro civil, o PL 956/2014, que aguarda por votação na Casa.

Garcia destaca que a criação deste PL foi uma iniciativa dos próprios bombeiros, considerando que a prática da profissão no município é fragilizada pela ausência de leis específicas. Foi formada uma frente parlamentar em 2014, que em encontros com a categoria formatou o documento a partir de citações de legislação federal e do executivo estadual.

Outro assunto que deve ocupar lugar de destaque na Comissão é a manutenção dos Postos de Salvamento na orla do Rio, após a explosão que deixou dois guarda-vidas feridos, um deles com mais de 60% do corpo queimado, há dois meses, em Copacabana. 

O parlamentar vem acompanhando o desdobramento do caso de perto e cobrando medidas urgentes da Concessionária Orla Rio, responsável pela gestão dos postos. Após o acidente, o gabinete do vereador recebeu diversas denúncias sobre as condições precárias das unidades de salvamento. 

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Guarda-vidas ficam sem helicópteros por falta de pagamento a fornecedora

Os quatro helicópteros do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro estão fora de operação por inadimplência com a fornecedora das peças das aeronaves. A denúncia foi feita nesta sexta-feira (30/10) pelos veículos de comunicação regionais. Segundo fontes, dois helicópteros - prefixos PP-MBM e PP-ECE - estão parados no hangar da Líder Táxi Aéreo, no Aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade, enquanto outra aeronave permanece no Grupamento de Operações Aéreas (GOA) na Lagoa, na Zona Sul. 
Teria ainda um helicóptero - de prefixo PP-MHI - que estaria em Brasília por mais tempo, para manutenção na pintura. Esta aeronave, segundo a mesma fonte, funcionava a pedido do ex-Secretário de Saúde do Rio, Sérgio Cortes, e estava sem utilidade há muitos meses. 
O vereador Marcio Garcia (Rede), presidente da Comissão de Defesa Civil da Câmara Municipal, enfatiza a importância dos helicópteros nos salvamentos, especialmente em período de feriado prolongado, que leva um número maior de banhistas às praias cariocas.
"Não tem como disponibilizar um guarda-vidas para um atendimento múltiplo", destaca Garcia.

Veja aqui a reportagem do G1 sobre o assunto




quarta-feira, 28 de outubro de 2015

PRECISAMOS DE MAIS GUARDA-VIDAS

Recebi na tarde de hoje o porta-voz de um grande grupo de candidatos do último concurso para o Gmar (Csmar/2015 com somente 300 vagas) Rafael Fara, muitíssimo bem acompanhado pelo Sub Ten Valdelei Duarte.

Percebi neles a enorme expectativa de ser convocado para realizar o curso de formação, e estão iniciando uma campanha para sensibilizar o Governo Estadual para que convoque outras turmas, já que os grupamentos marítimos trabalham com um enorme déficit de efetivo, sacrificando os heroicos bombeiros e expondo a população fluminense ao risco de afogamento.

Subtenente BM RR Valdelei Duarte, Rafael Fara e Vereador Marcio Garcia

Este grupo de jovens, sabendo do meu engajamento em defender os interesses da população e dos bombeiros militares do Rio de Janeiro, procurou meu apoio para defender a necessidade de novas convocações.

Já assinei o abaixo assinado disponibilizado no blog deles e convido todos os amigos a assinarem também.

VAMOS À LUTA!!!!


segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Alerj vai cobrar do comando dos Bombeiros informação sobre treinamento para atuar em áreas de risco

Após reportagem do Jornal O Dia, neste domingo (25), denunciando as condições de risco e precárias das quais os bombeiros estão expostos durante socorro em comunidades cariocas, a Comissão de Segurança Pública e Assuntos de Polícia da Assembleia Legislativo do Rio (Alerj) vai cobrar do comando do Corpo de Bombeiros explicações sobre treinamento que militares recebem para atuar em áreas de risco.

VEJA AQUI A REPORTAGEM DO JORNAL O DIA 


domingo, 25 de outubro de 2015

Denúncia: violência e humilhação contra bombeiros no Rio

Reportagem do Jornal O Dia - "Socorristas pedem socorro para cumprir a sua missão" - deste domingo (25) tem como tema a rotina de humilhação dos bombeiros em comunidades cariocas. Um lamentável retrato da violência e riscos que estes profissionais sofrem e estão expostos no exercício da sua missão.

Veja a matéria AQUI




sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Mais um PM morto na Baixada Fluminense

A Baixada Fluminense foi palco esta semana de mais uma cena de violência contra policial. O PM Fernando Monteiro, lotado na Unidade da Polícia Pacificadora (UPP) Fallet Fogueteiro há cerca de um ano, foi assassinado quando estava a caminho do trabalho. Os criminosos o abordaram perto da sua casa, em Duque de Caxias, e quando o identificaram como PM disparam contra o sargento.



quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Bombeiro Civil: votação unânime aprova PL que segue para segunda discussão

O Projeto de Lei (PL) 956/2014, que trata da regulamentação da profissão de bombeiro civil no município do Rio de Janeiro, teve a sua primeira votação favorável na Câmara Municipal, na tarde desta quinta-feira (22/10). O projeto de autoria do vereador Marcio Garcia (Rede) teve aprovação unânime, mas ainda aguarda por uma segunda votação, que deve acontecer no prazo de 10 e 15 dias.   

Segundo o parlamentar, o principal objetivo da matéria é organizar e estruturar a atuação destes profissionais no Estado. A criação do PL foi uma iniciativa dos próprios bombeiros, que também participaram da formatação do seu conteúdo, durante inúmeras reuniões realizadas com i vereador, representantes do sindicato da classe e especialistas.

Para Garcia, a prática da profissão no município é fragilizada pela ausência de regulamentação específica. Em 2014, foi formada uma frente parlamentar para organizar os encontros com os profissionais, onde foram avaliadas a legislação federal e do executivo estadual, que serviram de base para o PL. 

“A presença do bombeiro civil ainda é artigo de luxo, enquanto deveria ser o ponto de partida para a segurança, com prevenção contra incêndio, e como prioritário para um espaço público”, salienta Marcio Garcia. O vereador destaca ainda que a aprovação da lei representa um avanço cultural e ponto de partida para a implementação de um sistema de prevenção contra incêndios e outros acidentes graves no município.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Lamento pela morte do PM Neandro Martins

Na tarde desta terça-feira (20) tivemos a triste confirmação da morte do PM Neandro Martins, que estava desaparecido desde o dia 12 de outubro. Neste momento, quero me solidarizar com a família de Neandro, mais uma vítima de ato covarde de criminosos e de uma ineficiente política de segurança pública.

Diariamente, os policiais estão sofrendo agressões na nossa cidade, seja no exercício da profissão ou fora do horário de trabalho, como foi o caso de Neandro, que estava visitando a sua mãe, na Baixada Fluminense, quando foi rendido pelos bandidos.


Hoje foi Neandro, ontem Caio Ignácio...Quantos casos mais terão que acontecer para as autoridades adotarem as devidas medidas de proteção ao seu próprio policial?



Foto Reprodução TV

sábado, 17 de outubro de 2015

Discurso no Plenário: vereador lamenta indiferença com violência contra policiais

O vereador Marcio Garcia discursou no Plenário da Câmara sobre violência contra PMs no Rio, no exercício da profissão. O parlamentar citou o caso do policial Neandro Santos de Oliveira, desaparecido esta semana, no Chapadão, no Subúrbio.




terça-feira, 13 de outubro de 2015

Rede responde reportagem de O Globo

Após a reportagem do jornal O Globo - "Rede de Marina no mar de peixes polêmicos" -, publicada no último domingo (11/10), que cita a atuação política do vereador Marcio Garcia como um nome 'originário de partido de direita' e ainda destaca que em 2011 o parlamentar 'foi um dos líderes da greve dos bombeiros, chegando a ser preso junto com outros membros da corporação', a Rede publicou uma Nota de Esclarecimento comentando fatos abordados na matéria.

A Rede esclarece que os seus critérios para filiação de candidatos seguem os conceitos e diretrizes estabelecidos pelo partido. "Todos os pedidos de filiação passam por análise criteriosa nas instâncias da Rede, e no caso dos agentes públicos, a avaliação cabe à Comissão Executiva Nacional do partido".

No caso citado do vereador Marcio Garcia, a Rede afirma: "Sobre o Marcio Garcia, sua atuação político-sindical, incluindo sua prisão, só demonstram uma posição firme em relação aos seus ideais, que são compartilhados com a Rede Sustentabilidade. Eventos como a detenção de membros do partido, quando causadas pela defesa dos seus ideais e de forma pacífica, não são motivo para a não aceitação da filiação".

VEJA AQUI A NOTA DA REDE NA ÍNTEGRA

LEIA AQUI A REPORTAGEM DO JORNAL O GLOBO


domingo, 11 de outubro de 2015

Incêndio atinge Camelódromo da Uruguaiana: ação rápida dos bombeiros evitou tragédia ainda maior

Um incêndio de grandes proporções atingiu na madrugada deste domingo (11/10) o Mercado Popular da Uruguaiana, no Centro do Rio. Cerca de 150 boxes ficaram destruídos e a tragédia não foi maior pela rápida e eficiente intervenção do Corpo de Bombeiros. As causas do incêndio, que não deixou vítimas, ainda estão sendo investigadas. 

Agentes da Prefeitura fecharam a pista lateral da Avenida Presidente Vargas, sentido Candelária, entre a Avenida Passos e a Rua Uruguaiana, para o trabalho dos bombeiros. As chamas foram controladas em pouco tempo. 

Em julho deste ano, a Delegacia de Repressão a Crimes contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), a cargo da delegada Valéria Aragão, interditou o camelódromo por conta de denúncias da venda de produtos contrabandeados. O mercado ficou fechado mais de uma semana. Na época, Aragão alertou sobre os riscos de instalações elétricas irregulares e oferendo grandes riscos no local. 

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

DCM dá destaque ao projeto de regulamentação da profissão de bombeiro civil

O Projeto de Lei (PL) 956/2014, que trata das especificidades da profissão de bombeiro civil, continua aguardando por votação na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. O autor da matéria é o vereador Marcio Garcia, presidente da Comissão de Defesa Civil da Casa. O parlamentar destaca algumas metas do projeto em reportagem do Diário da Câmara Municipal (DCM), edição desta quarta-feira ( 7/10). O principal objetivo é organizar e estruturar a atuação destes profissionais no Estado. 



terça-feira, 6 de outubro de 2015

Visitando as comunidades

A comunidade Fallet/Fogueteiro, que fica no Catumbi, área central do Rio, recebeu a visita do vereador Marcio Garcia. No encontro com moradores, o parlamentar comentou sobre o seu trabalho na Câmara e recebeu reclamações comunitárias que podem ser resolvidas pela atuação de órgãos públicos.