segunda-feira, 8 de junho de 2015

3ª Policlínica (Charitas) vai continuar atendendo os Bombeiros

Circulou recentemente nos quartéis o informe de que a 3ª Policlínica iria fechar as portas e seu efetivo seria transferido para a futura Policlínica de Guadalupe (5ª Policlínica). A notícia agradou os bombeiros que residem na zona oeste, mas foi evidentemente muito mal recebida pelos de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e da região dos lagos, mas, de forma geral, foi vista como um retrocesso para o nosso sistema de saúde.

Para por um fim nesta dúvida, usei a prerrogativa ofertada pelo Comando da Corporação de acesso a informações de interesse dos nossos bombeiros e solicitei uma reunião com o Diretor da DGS (Cel Canetti). 

A reunião aconteceu no QCG e o palestrante (Cel Canetti) apresentou dados sobre a arrecadação do fundo de saúde, reformas, aparelhos adquiridos e demais intervenções feitas com os recursos do fundo de saúde. O Diretor garante que sem a arrecadação do fundo de saúde e o apoio do Governo Estadual os Bombeiros vão ficar sem o sistema de saúde do CBMERJ, restando ao bombeiro a contratação de um plano de saúde ou recorrer aos hospitais públicos, e teríamos o mesmo destino dos outros servidores públicos do Estado, que acompanharam de perto o sucateamento e triste fim do IASERJ. 

Reconhece o comando da Corporação a necessidade de descentralizar os serviços de saúde, de criar outras policlínicas (principalmente no interior), de expandir o número de leitos, e outras necessidades conhecidas por todos nós, mas afirma que tem investido na modernização do sistema de saúde para atender melhor os Bombeiros e dependentes. Neste tópico não tenho muito o que colaborar. Usei muito pouco o hospital e as policlínicas, nunca estive internado e não fiz nenhuma cirurgia, afinal, só quem usa e usou pode avaliar se melhorou ou não. Cada um deve avaliar se compensa ou não cancelar o desconto, sendo que agora não será mais necessário recorrer ao judiciário para cancelar o desconto, mas cuidado, assim como nos planos de saúde, será exigido um tempo de carência para alguns procedimentos, então a saída e o regresso precisam ser muito bem planejados para evitar que você e seus dependentes fiquem sem cobertura dos planos de saúde.

A oferta do comando para não perder a colaboração dos Bombeiros de localidades distantes do Hospital e Policlínicas é o credenciamento de unidades privadas de saúde (hospitais e clínicas particulares). O edital de convocação está aberto e aguardando a apresentação de interessados. Você pode colaborar divulgando a informação para os hospitais da sua região. As condições estão publicadas no Boletim do CBMERJ, no site do CBMERJ (link) e também podem ser obtidas pelo email <credenciamento.publico@cbmerj.rj.gov.br>. 

Concluindo a apresentação, afirmou o Cel Canetti que a 3ª Policlínica permanecerá aberta e que as novas policlínicas vão ser ocupadas por bombeiros de um novo concurso ou provenientes da devolução do SAMU para a Prefeitura do Rio de Janeiro.

Atenciosamente

Marcio Garcia

Nenhum comentário:

Postar um comentário