segunda-feira, 18 de maio de 2015

Explosão em prédio destrói apartamentos em São Conrado


Uma forte explosão atingiu um prédio de 18 andares em São Conrado, na Zona Sul do Rio, pouco antes das 6h desta segunda-feira. Os apartamentos do edifício Canoas, na Rua General Olympio Mourão Filho, próximo à Favela da Rocinha, ficaram destruídos. O mais danificado foi um localizado no décimo andar, onde se acredita que ocorreu a explosão. Há informações de que pelo menos duas pessoas ficaram feridas, sendo um homem em estado grave. De acordo com bombeiros, ele foi levado para o Hospital municipal Miguel Couto, na Gávea.

Segundo a Secretaria municipal de Saúde, o homem identificado apenas como Marcos, de aproximadamente 50 anos, teve queimaduras de segundo grau no tórax e no abdómem, além de lesões nos membros inferiores e superiores. Ele está sendo avaliado por uma equipe médica e está acordado.

Com o impacto da explosão, escombros foram lançados a metros de distância. Na parte externa do prédio, pedaços de concreto estão espalhados pela área da piscina e pelo pátio.

Bombeiros dos quartéis da Gávea e de Copacabana foram acionados. Ainda não há informações do que teria provocado a explosão. De acordo com o subsecretário de Defesa Civil, Márcio Motta, todos os apartamentos foram atingidos. O prédio tem 72 apartamentos. A Defesa Civil descartou riscos de desabamento. A área foi isolada porque há possibilidades de queda reboco de partes do edifício.

— Absolutamente horrorosa. Foi uma explosão muito forte. Tivemos uma evacuação imediata. Um tristeza total, uma coisa absurda. Sabemos que aconteceu algo ruim, mas não temos a extensão — disse o síndico do prédio.
Vizinhos disseram que o homem que ficou gravemente ferido, é um alemão que morava de aluguel no apartamento 1.001 e que trabalhava nas obras da Linha 4 do metrô.

Moradores que têm animais de estimação e não tiveram tempo de levá-los durante a fuga, buscam informações sobre eles com os bombeiros. Uma calopsita foi resgatada do apartamento 1.402, mas ainda não conseguiu localizar o dono. A corporação montou uma base de operações em frente ao edifício Canoas com barracas e tendas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário