quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

OBRAS DE REVITALIZAÇÃO PARA AS OLIMPÍADAS DE 2016 ACARRETAM O DESMATAMENTO DA MARINA DA GLÓRIA.


Um grupo de Entidades Sociais se uniram no propósito de defesa a integridade e preservação do Parque do Flamengo, contra as obras iniciadas na Marina da Glória que gerou o desmatamento de 298 árvores da região e que tiveram seus cortes autorizados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.


A obra foi iniciada sem a apresentação do memorial descritivo com as premissas do projeto de paisagismo da área, ao instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), órgão responsável pelo tombamento do patrimônio, ocasião em que daria ensejo a possibilidade de embargar a obra.

  

A concessionária BR Marinas, Empresa indicada pela Prefeitura do Rio de Janeiro para dar andamento à revitalização, se posiciona informando que o projeto segue todas as normas e legislações vigentes e foi aprovado por todos os órgãos públicos competentes.

Segundo a Federação das Associações de Moradores do Município do Rio de Janeiro FAM-RIO, não houve comunicação prévia à população nem tão pouco Audiência Pública para esclarecer qualquer questão sobre o assunto. 

Estive pessoalmente no local, com o intuito de fiscalizar e me iterar quanto a efetiva situação e cuidado que o assunto exige, para requerer informações ao Prefeito e buscar medidas eficazes de minimizar o impacto ambiental que inevitavelmente já foi causado ao meio ambiente.


Segue abaixo o link da entrevista realizada ao SBT RIO:

Nenhum comentário:

Postar um comentário