quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

PREFEITO NOMEIA ENTEADO DO GOVERNADOR EM SUBPREFEITURA


O prefeito Eduardo Paes criou uma nova subprefeitura na estrutura do governo municipal e nomeou para comandá-la o advogado Roberto Horta Jardim Salles, de 33 anos, enteado do governador Luiz Fernando Pezão. Tratado como um filho pelo governador, Roberto Horta vai coordenar as atividades da Prefeitura em 30 bairros da Zona Norte, inclusive o Complexo do Alemão, tal qual revelou o jornal "Folha de S.Paulo", em sua edição desta terça-feira (19/01/15).

Segundo a reportagem estima-se que Roberto Horta receberá cerca de R$ 10.000,00 por mês. A Subprefeitura da Zona Norte(2), como é chamada, passará a cuidar de áreas que antes eram de competência das subprefeituras da Ilha do Governador e da Zona Norte 1.



O prefeito Eduardo Paes afirmou, na manhã desta quarta-feira, que a escolha do advogado Roberto Horta Jardim Salles, de 33 anos, enteado do governador Luiz Fernando Pezão, para ser subprefeito da Zona Norte, levou em consideração motivos políticos, e não técnicos. Paes disse que conhece o advogado há muitos anos. O Prefeito afirmou que ele é jovem e com vontade de trabalhar. Paes negou que a nomeação tenha sido um pedido do Governador.

Em 2011, Paes nomeou Marco Antônio Cabral, filho do ex-governador Sérgio Cabral, como assessor da Casa Civil.


Em matéria aqui anteriormente noticiada (http://www.marciogarciarj.com.br/2014/09/o-escandalo-do-escritorio-de-advogacia.html), o advogado Roberto Horta é um grande conhecido dos aliados Paes e Pezão. 

Será que foi imposição do Governador ou escolha pessoal do Prefeito em razões de "méritos próprios"? 

Qual são as qualificações para o tal assumir essa recém Subprefeitura, criada especialmente para o enteado do governador?

Estariam todos eles antecipando a campanha para as eleições de 2016 apresentando à população nomes que futuramente concorrerão a vagas no Legislativo Municipal? Afinal, a população já está cansada de saber que tais cargos são a forma "lícita e legítima" de usar a máquina do Executivo para promoções pessoais com cunho exclusivamente eleitoreiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário