terça-feira, 14 de outubro de 2014

GOVERNO PEZÃO: A SAÚDE PÚBLICA É UM CAOS COMPLETO

O caso ocorreu no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes. 



"JORNAL EXTRA 
Casos de Polícia
Publicado em 13/10/14 18:41 Atualizado em 13/10/14 19:21 
Mãe de jovem que perdeu bebê lamenta demora no atendimento em hospital 
Lígia Modena 
A dona de casa Maria José da Silva Gomes, de 65 anos, foi acordada por volta das 5h da manhã desta segunda-feira pela filha Aline da Silva Gomes, de 23 anos. A jovem, que estava grávida de seis meses, se queixou de dores fortes e muitas contrações.
— Em apenas dez minutos de trajeto da minha casa para o hospital, minha neta nasceu no carro. Eu só queria chegar logo para o pior não acontecer e no fim, aconteceu. Eu estou arrasada — lamentou Maria José. 
Segundo familiares, ao chegar à unidade, os pais de Aline chamaram um médico e a deixaram no carro. O profissional, porém, teria dito que sua obrigação era fazer atendimentos somente dentro da unidade hospitalar. Quando o maqueiro apareceu para fazer o transporte, o bebê estava morto. 
O que nós sabemos é que a menina nasceu e minha irmã ficou quarenta minutos do lado de fora, esperando por atendimento. Um absurdo! Queremos justiça — disse a doméstica Idalina da Silva Gomes, de 33 anos (Leia mais)".

Nenhum comentário:

Postar um comentário