VICE DE PEZÃO CITADO COMO RECEBENDO PROPINAS NO ESCÂNDALO DA PETROBRAS



Primeiro, citaram SÉRGIO CABRAL, o ex-governador do Rio de Janeiro, o qual indicou seu vice, PEZÃO, para substitui-lo, como recebedor de propinas.
CABRAL sumiu!
Desapareceu pelo mundo...
Surge agora como recebedor de propinas do escândalo da Petrobras o candidato ao cargo de vice-governador de PEZÃO, o senador FRANCISCO DORNELLES.
Onde fica PEZÃO nesse escândalo de propinas?
Será que fará como o ex-presidente Lula e responderá que não sabia de nada?
Pense sobre isso.

"REVISTA ISTO É
(...)
"Já se sabia que dessa lista faziam parte figuras graúdas da República, como os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Henrique Eduardo Alves, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, o ex-governador do Rio SÉRGIO CABRAL, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, João Vaccari Neto, secretário nacional de finanças do PT, Ciro Nogueira, senador e presidente nacional do PP, Romero Jucá, senador do PMDB, Cândido Vaccarezza, deputado federal do PT, João Pizzolatti, deputado federal do PP, e Mário Negromonte, ex-ministro das Cidades, do PP, e até o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morto em acidente aéreo no mês passado. No entanto, a relação de nomes entregue pelo ex-executivo da Petrobras é ainda mais robusta. ISTOÉ apurou com procuradores e fontes ligadas à investigação que, além desses políticos já citados, também foram delatados por Paulo Roberto Costa o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o governador do Ceará, Cid Gomes, e os senadores Delcídio Amaral (PT-MS) e FRANCISCO DORNELLES (PP-RJ) (Leia mais).

Não vote nessa gente, vote:


Comentários

Postagens mais visitadas