quinta-feira, 4 de setembro de 2014

GOVERNO PEZÃO CONTINUA INERTE COM RELAÇÃO AOS PROBLEMAS DA PROVA DA PM

As reclamações dos candidatos do concurso para a Polícia Militar não param de aparecer na imprensa, inclusive na forma de fotos e vídeos, mas o governo Pezão permanece inerte, embora os problemas afetem mais de 100.000 candidatos, enquanto o comando da Polícia Militar alega que não anulará as provas.
Os candidatos que se consideram prejudicados irão até a ALERJ para buscar ajuda dos parlamentares.
O importante é esclarecer se as provas atenderam ou não o previsto no edital e se as regras de segurança das provas foram respeitadas.
Os direitos de todos os candidatos precisam ser respeitados, inclusive os direitos dos candidatos que foram aprovados.



(Fonte: Jornal Extra)


Nenhum comentário:

Postar um comentário