terça-feira, 2 de setembro de 2014

GAROTINHO PROMETE DOBRAR INVESTIMENTOS EM SAÚDE



"Garotinho promete dobrar investimentos em saúde
Foto: Inácio Teixeira
Candidato do PR criticou abandono do Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, que foi construído no governo dele, e reafirmou compromisso com a população de priorizar a saúde pública.
Durante caminhada em Alcântara, bairro de São Gonçalo, o candidato ao governo do Rio pela coligação Força do Povo (PR-Pros-PT do B), Anthony Garotinho, reafirmou o compromisso do futuro governo dele com a saúde pública. “A saúde terá total prioridade no meu governo. Não vão faltar recursos para melhorar a qualidade do atendimento prestado à população. Esse governo gastou apenas 7% do orçamento com saúde, nós vamos investir o dobro para salvar vidas, dar um tratamento digno a essas pessoas que estão morrendo na fila dos hospitais”, atacou Garotinho, que anunciou a recuperação do Hospital Geral Alberto Torres, construído na gestão dele e abandonado pelo governo do PMDB. 
O ex-governador contou que tem ouvido muitas reclamações da população em a relação à saúde. “Por todo lugar que passo, seja na Zona Oeste, na Baixada ou aqui em São Gonçalo, a reclamação é a mesma. A saúde está um caos. O Hospital Alberto Torres, que inaugurei no meu governo, está abandonado”. Segundo o IBGE, o governo do estado gastou apenas 7% do orçamento do ano passado com a saúde. O Rio ficou em último lugar em investimento no setor, abaixo de Alagoas, Piauí e Maranhão.
Garotinho anunciou ainda que construirá mais dois restaurantes populares no município, um no bairro de Alcântara e outro no Jardim Catarina. A região já conta com duas unidades implantadas em Niterói (Restaurante Popular Jorge Amado) e em Itaboraí (Restaurante Popular Governador Mário Covas), ambas inauguradas em 2002, no governo Garotinho. A proposta do ex-governador é construir 40 unidades no estado do Rio, priorizando o atendimento à população carente e trabalhadora. 
Ao discursar para os moradores de Alcântara, Garotinho confirmou também que irá duplicar a Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106) até a Região dos Lagos, entre Maricá e São Pedro da Aldeia, e sem a cobrança de pedágio. Ele foi responsável pela duplicação e modernização de 31 km da via entre Tribobó (São Gonçalo) e Maricá. A rodovia é uma das opções de acesso à Região dos Lagos, sem postos de pedágio, numa alternativa à Via Lagos (RJ-124).
Questionado sobre as propostas na área de segurança para o município, que vem sofrendo com o aumento da violência por conta da migração de bandidos do Rio para outras regiões do estado, Garotinho reforçou que é preciso investir pesado contra o tráfico de drogas. “Vamos prender os bandidos que Pezão mandou pra cá”.
Em outra agenda de campanha, no município de Tanguá, Garotinho anunciou a construção de uma escola técnica da Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro), a fim de preparar os jovens do município para o mercado de trabalho e, em especial, para a nova refinaria de petróleo (Comperj) que está sendo construída em Itaboraí. Outro compromisso firmado com a população foi a construção de um restaurante popular na cidade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário