quinta-feira, 11 de setembro de 2014

GAROTINHO PROMETE CONSTRUIR PRONTO-SOCORRO E RESTAURANTE POPULAR EM SÃO JOÃO DE MERITI



"Ex-governador disse ainda que construirá em São João de Meriti um pronto-socorro e o primeiro dos 40 novos restaurantes populares que irá erguer no estado 
O candidato ao governo do Rio pela coligação Força do Povo (PR-Pros-PT do B), Anthony Garotinho, anunciou nesta quarta-feira (10), na Baixada Fluminense, que o primeiro dos 40 restaurantes que irá construir será erguido em São João de Meriti, onde participou de uma caminhada no fim da tarde. O ex-governador voltou a criticar o abandono da saúde na região e afirmou que irá contratar 14 mil novos policiais militares para reforçarem o policiamento ostensivo nas ruas. 
Garotinho visitou ainda a Delegacia Legal da Praça da Bandeira e que as delegacias são uma espécie de protótipo daquilo que deseja ver no Batalhão de Defesa Social, unidades que irá construir nas comunidades hoje ocupadas pelas UPPs. “Não vou acabar com as UPPs, mas vou criar um conceito novo, como foi aquele quando criei com as delegacias legais. Isto aqui é o protótipo de como serão os batalhões no futuro: batalhão no meu governo vai ter assistente social, defensor público e posto do Sine”, adiantou, ressaltando que promoverá o retorno do Grupamento Tático-Móvel (Getam) no patrulhamento ostensivo. 
Ele garantiu que dobrará os investimentos destinados à saúde – de acordo com dados fornecidos pelo IBGE, o Rio de Janeiro direcionou somente 7% do seu orçamento à saúde. “Não podemos admitir que um estado como o Rio de Janeiro invista somente 7% do que arrecada na saúde”, denunciou, ressaltando a necessidade de se criar uma central única de regulação de leitos e exames. 
Em São João de Meriti, o ex-governador acusou o governo de não ter feito nada pela região e prometeu construir um pronto socorro na cidade. “Este governo sanguessuga do Sérgio Cabral e Pezão levou oito anos e não fez nada”, criticou, reivindicando para si as obras na cidade. “O pouco que a Baixada tem quem fez foi Garotinho”, resumiu em discurso, reafirmando sua disposição de regulamentar o transporte alternativo. “Esse povo de Detro (Departamento de Transporte Rodoviário), que persegue os donos das van não terá vez. Vamos deixar o povo trabalhar”, garantiu. 
O candidato reafirmou que acabará com a vistoria anual de veículos, implantando um novo sistema de inspeção da frota realizada pelo Detran. “Vamos acabar com essa pouca vergonha do Detran, que faz vistoria todo ano. A vistoria será de dois em dois anos. Com isso a gente acaba com esta máfia que existe hoje dentro do Detran, que arrecada dinheiro, caixinha, propina para fazer campanha dos políticos do PMDB”, acusou. 
Renato Homem"

Nenhum comentário:

Postar um comentário