ELEIÇÕES SALVAM CARGO DO COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR

Beltrame sempre usou uma estratégia para defender seu cargo quando se instalou uma das diversas crises na área da segurança pública: exonerou o comandante geral da Polícia Militar ou o chefe da Polícia Civil.
Certamente, não seria diferente dessa vez, o comandante geral, Coronel PM Luís Castro seria sumariamente exonerado, isso para tirar Beltrame do  centro da crise.
Luís Castro foi salvo pelo período eleitoral, pois seria politicamente desgastante exonerar o QUINTO comandante geral da Polícia Militar no governo Cabral-Pezão.
Um comandante salvo pelas urnas.


(Fonte: Jornal Publi Metro)

Comentários