quinta-feira, 18 de setembro de 2014

ELEIÇÕES SALVAM CARGO DO COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR

Beltrame sempre usou uma estratégia para defender seu cargo quando se instalou uma das diversas crises na área da segurança pública: exonerou o comandante geral da Polícia Militar ou o chefe da Polícia Civil.
Certamente, não seria diferente dessa vez, o comandante geral, Coronel PM Luís Castro seria sumariamente exonerado, isso para tirar Beltrame do  centro da crise.
Luís Castro foi salvo pelo período eleitoral, pois seria politicamente desgastante exonerar o QUINTO comandante geral da Polícia Militar no governo Cabral-Pezão.
Um comandante salvo pelas urnas.


(Fonte: Jornal Publi Metro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário