terça-feira, 30 de setembro de 2014

O ESCÂNDALO DO ESCRITÓRIO DE ADVOGACIA DO ENTEADO DO PEZÃO

Você lembra dos negócios do escritório de advogacia que tem a esposa de Cabral como sócia? 
Não deu nada. 
Agora surgem os negócios do escritório do enteado de Pezão. 
Será que não vai dar nada, mais uma vez?

.

PEZÃO COMETEU CRIME ELEITORAL E PODE SER CASSADO

A candidatura Pezão pode estar com os dias contados...



EU AGRADEÇO O APOIO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS



Garotinho quando me convidou para ser vice na sua chapa, entregou junto com o convite um dever, o de exercer a ligação do funcionalismo público com o governo, abrindo as portas do Palácio Guanabara para os servidores.
Ao longo da campanha eleitoral eu tenho estreitado os laços com as diferentes categorias do funcionalismo e tenho sido muito bem recebido.
Os funcionários estão compreendendo a importância de ter um funcionário público ocupando a carreira 02 do governo fluminense.
No atual governo, nós, servidores públicos, sofremos bastante, que o digam os Policiais Militares e os Bombeiros Militares que foram ilegalmente encarcerados em Bangu 1.
Urge que o funcionalismo volte a ser tratado com o devido respeito, tendo em vista que são os funcionários públicos que cuidam da população fluminense na saúde, na educação, na segurança pública e em outras áreas.
Eu assumi um compromisso e vou cumprir.
Todos podem ter certeza que ouviremos os anseios dos servidores públicos e faremos de tudo para concretizar as aspirações.
A seguir transcrevo um comentário postado por um Bombeiro Militar nesse blog:

"jmarcelo
30 de setembro de 2014 17:06 
Caro Márcio Garcia, nós bombeiros estamos depositando todas as nossas esperanças em vc. Já tivemos algumas decepções anteriores, mas vc se mostrou merecedor dos nossos votos e da nossa confiança. Há muito costumo anular meu voto, mas este ano vou votar 22 para governador única e exclusivamente por sua causa. Tenho 20 anos de caserna e ainda estou 3° sgt devido à essa verdadeira covardia a que estão submetendo os praças para promoção por tempo de serviço, que é a obrigatoriedade do TAF. Ora, não sou atleta....SOU BOMBEIRO ! A mesma Corporação me considera inapto à promoção por não ter conseguido percorrer a distância dentro do tempo estipulado, me considera apto ao serviço na fileira ! Como assim ? O que vou fazer de diferente como 2° sgt que já não faça agora, como 3° ? Se eleito, lhe peço que olhe com carinho esta questão, que não prejudica só a mim, mas a vários colegas. E outra reivindicação nossa, essa mais antiga, é a criação de uma Caixa Habitacional, como a que tínhamos até a década de 90, pra que possamos realizar o sonho da casa própria. Bem....sem mais, lhe desejo muito sucesso e, dia 5, com certeza meu voto será 22. Abraço".

GOVERNO PEZÃO: O MAIOR FRACASSO NA SEGURANÇA PÚBLICA NA HISTÓRIA DO BRASIL

(Fonte: G1)

(Fonte: G1)


O governo Pezão tem um recorde difícil de ser superado: o maior fracasso na gestão da segurança pública na história do Brasil.
Nunca antes nesse país uma gestão da segurança pública foi um fracasso tão amplo, geral e irrestrito.
O único projeto que tentou implantar na área da segurança pública fracassou: as UPPs.
Inventou a "transferência de criminosos", remanejando criminosos do Rio de Janeiro para outros municípios.
A Polícia Militar foi agigantada e desqualificada em face de péssimos cursos de formação de Soldados.
A Polícia Civil não evoluiu um milímetro.
No governo foram nomeados cinco Comandantes Gerais da Polícia Militar e quatro Chefes da Polícia Civil, mas o secretário de segurança foi mantido, sabe-se lá por quais motivos.
Para coroar esse retumbante fracasso, o secretário de segurança Beltrame foi denunciado pelo Ministério Público, após cinco anos de investigações, por improbidade administrativa e superfaturamento de contratos.
Além disso, a cúpula da Polícia Militar foi acusada de receber "propina" dos comandantes de batalhões.
Sem dúvida, o pior governo da história brasileira na área da segurança pública.

PEZÃO MENTE DESCARADAMENTE AO DIZER QUE DEFENDE O FUNCIONÁRIO PÚBLICO



O governador Pezão mentiu descaradamente ao afirmar que defende o funcionário público ao ser entrevistado quando surgiu a crise na cúpula da Polícia Militar que ele comanda.

(Fonte: Jornal O Dia)

Se Pezão defendesse os funcionários públicos não mandaria junto com Cabral encarcerar ilegalmente em Bangu 1 dezenas de Bombeiros e de Policiais Militares que queriam salários dignos.
Lembro que a ordem de encarceramento em Bangu 1 foi administrtaiva, partiu do governo Cabral-Pezão, não foi uma ordem judicial.

GOVERNO PEZÃO: O FRACASSO NA GESTÃO DO NOSSO DINHEIRO

Cabral e Pezão endividaram o estado do Rio de Janeiro.
Eles não souberam administrar o nosso sofrido dinheiro, recursos que são fruto de uma carga tributária extorsiva.

(Fonte: Destak-RJ)

GOVERNO PEZÃO: A TRANSFERÊNCIA DE TRAFICANTES DO RIO PARA OUTROS MUNICÍPIOS

O fracasso do governo Pezão é completo na área da segurança pública.
Pezão e Cabral foram os únicos governantes que transferiram traficantes de um município para o outro, chamando isso de "pacificação".
Os moradores dos municípios Niterói e São Gonçalo estão entre os municípios que foram mais atingidos pelos erros de Pezão.


(Fonte: O São Gonçalo)



GOVERNO PEZÃO: O FRACASSO NA SAÚDE PÚBLICA

Só um péssimo gestor para fazer a população sofrer tanto na área da saúde pública.


(Fonte: O Globo)

GOVERNO PEZÃO: O FRACASSO NA PACIFICAÇÃO

A propalada "pacificação" nunca chega às comunidades carentes.
O tráfico de drogas continua presente e atuante nas comunidades.
Os Policiais Militares continuam entregues à própria sorte e os moradores continuam sem dispor dos serviços públicos básicos.
A união desses três fatores acaba sempre em conflitos. 
Assistam o vídeo:


 

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

GAROTINHO PROMETE LINHA 3 DO METRÔ DE NITERÓI A ITABORAI



"Candidato argumenta que a instalação do complexo do Comperj exige do estado um esforço para atender a população crescente na região 
O deputado e candidato ao governo do Rio, Anthony Garotinho, prometeu estender a Linha 3 do metrô de Niterói a Itaboraí, e não somente a São Gonçalo, conforme promessa do atual governo. “Vamos seguir a ordem natural, colocando a Linha 3 para funcionar, de Niterói a Itaboraí, que é muito importante para aquela população por causa do complexo do Comperj”, argumentou. 
Garotinho percorreu, nesta segunda-feira (29), em carreata o Complexo da Penha, ocasião em que reafirmou a necessidade de se ampliar o efetivo da PM, fortalecendo o efetivo dos batalhões, como forma de conter a onda de assaltos a pedestres, a ônibus e o roubo de carros. “Não existe milagre. Isso é uma sequência. Em 1999, quando assumi o governo do estado, a Secretaria de Segurança não tinha estrutura nenhuma. Funcionava num prédio emprestado do Detran. Construímos batalhões em áreas onde eram necessários, construímos a sede do Bope e montamos o Instituto de Segurança Pública (ISP) para realizar a coleta dos dados”, relembrou. 
O candidato enfatizou que segurança pública exige planejamento. “É um conjunto de soluções. Vender para a população que apenar uma situação (instalação das UPPs) resolve o problema é mentir para a população, e eu não tenho mais idade para isso”, afirmou. 
Garotinho reafirmou o seu compromisso de dobrar os investimentos na saúde, saltando dos atuais 7% para 14%. Ele voltou a condenar o governo por ter abandonado os hospitais públicos e deixado as unidades sob a responsabilidade única das prefeituras. Ponderou que os municípios não têm condições financeiras para arcar com os custos de manutenção dos hospitais. “Unificar a central de regulação com todos os entes se comunicando entre si é fundamental. Assim como é fundamental que o estado assuma alguns hospitais, cujas prefeituras não têm orçamento para tocar”, disse ele, referindo-se a sua pretensão de estadualizar o Hospital da Posse, que comparou a um matadouro, ao Hospital de Mesquita, ao de Saracuruna, em Duque de Caxias, e, por fim, ao de Nilópolis. 
O ex-governador do Rio disse ainda ser importante o fortalecimento da estratégia de saúde da família feita pelos agentes comunitários, definindo-a como “a política de saúde mais eficiente”. Ele se mostrou animado com o debate da TV Globo, nesta terça-feira (30), e disse esperar que o encontro com o seus concorrentes seja propositivo. Garotinho advertiu ainda para o alto nível de endividamento do estado que, segundo ele, “extrapolou todos os limites”. “A situação do estado é muito complicada. Temos que organizar as finanças públicas. Elas estão muito debilitadas”, diagnosticou. 
Foto: Inacio Teixeira 
Renato Homem"


ESCÂNDALO: QUEM DEFENDIA O GOVERNO PEZÃO VAI JULGAR AÇÕES CONTRA O GOVERNO PEZÃO

Há um claro conflito de interesses.
Como o procurador Flávio Willeman, que foi responsável por defender o governo Pezão, terá isenção para julgar dezenas de ações contra o governo Pezão?
Concordo com as palavra do procurador eleitoral Maurício Rocha Ribeiro:
- Ele (Willeman) não poderia estar lá.
O povo precisa conhecer tais fatos.
Por favor, divulguem.

(Fonte: Jornal Extra)


PEZÃO "ZOMBA" DA JUSTIÇA ELEITORAL

(Fonte: Jornal O Globo)

ESCÂNDALO: EMPREITEIRA DOA DINHEIRO EM TROCA DE APOIO AO CANDIDATO PEZÃO

Não resta a menor dúvida, o governo Cabral-Pezão (PMDB) é o governo dos escândalos.
O pior é que escândalo após escândalo os institutos de pesquisam fazem Pezão subir nas intenções de voto.
Isso funciona como um mecanismo de contrapartida, tendo em vista que os escândalos certamente diminuem as intenções de voto em Pezão, mas logo aparecem as pesquisas com ele subindo.
Se os escândalos continuarem até o dia das eleições, corre o risco dos institutos de pesquisa anunciarem que Pezão vencerá no primeiro turno.



"JORNAL EXTRA 
29/09/14 07:00 
Partido Solidariedade, investigado por suposto acordo de apoio a Pezão em troca de doação da Odebrecht, recebe R$ 1 milhão da empresa 
Guilherme Amado
A empreiteira Odebrecht doou R$ 1 milhão ao comitê financeiro nacional do Solidariedade, de acordo com a prestação de contas do partido publicada no site do Tribunal Superior Eleitoral, contrariando o que o próprio presidente da empresa, Benedito Júnior, disse que faria em janeiro. No começo do ano, o deputado federal Aureo (SD), presidente do partido no Rio, revelou em entrevista ao EXTRA a existência de um acordo para que sua legenda apoiasse a candidatura de Luiz Fernando Pezão (PMDB). Em troca, o Solidariedade receberia doações eleitorais da Odebrecht. Em janeiro, o argumento de que não doaria para o Solidariedade foi usado pela empreiteira e pelo presidente nacional da sigla, deputado Paulinho da Força Sindical (SP), para enfraquecer as declarações de Aureo ao EXTRA. Na ocasião, ao ser perguntado se o acordo para apoiar o PMDB dependia de doação da Odebrecht, Aureo respondeu:
— Essa parte ainda não foi fechada, mas essa é uma negociação nacional. Nosso partido nasce forte e precisa ter o apoio das grandes empresas do Brasil. Ninguém faz campanha no Brasil sem isso. O setor produtivo é importante (Leia mais)".

PEZÃO NÃO SABE NADA SOBRE AS UPPs



"JORNAL EXTRA:
PEZÃO DIZ QUE UPP ESTÁ NO RUMO CERTO.
Entrevista com Pezão.
> Temos PMs de UPPs corruptos e que estupram. No que os policiais das UPPs se diferem do restante da PM?
- Eles têm uma formação diferente. A gente está mudando a cultura da Polícia Militar, que teve sua história preparada para a guerra. Não podemos julgar dez mil policiais que estão em UPPs hoje por causa de 50 ou cem que se desviaram. Vamos fazer a academia das UPPs.
> A academia das UPPs é prometida desde 2011. O que faz o eleitor acreditar agora que ela realmente sairá do papel?
- O governo é um carro em movimento, ainda há uma série de ações que a gente tem que fazer. Mas vamos fazer.
> A UPP não precisava ser consolidada antes de avançar?
- Acredito que a gente está no caminho certo. A gente enfrentou as dificuldades (Leiam mais)".

O governador Pezão não sabe de nada.

"JORNAL EXTRA
TIROTEIO ASSUSTA MORADORES NA LADEIRA TABAJARAS
Moradores da Ladeira dos Tabajaras passaram por uma madrugada de tensão na madrugada deste domingo. Segundo a polícia, agentes da Unidade de Polícia Pacificadora encontraram um grupo de bandidos armados na comunidade. Eles teriam disparado contra a viatura, na Rua Euclides da Rocha. Os policiais não teriam revidado e apenas se abrigaram das balas.
Através do Whatsapp do Extra (21 99809-9952 / 99644-1263), diversos moradores relataram o tiroteio durante a madrugada. Os marginais teriam fugido. A polícia realizou uma varredura na favela logo após o ocorrido. Ninguém foi preso ou ferido (Leiam mais)".

Foto: PMs indo para o serviço de trem.

O POVO DECIDIU: GAROTINHO VAI VOLTAR!







SEGURANÇA PÚBLICA É 22...




PEZÃO PREFERE REFORMAR ESTÁDIOS QUE CONSTRUIR CASAS POPULARES



"REVISTA VEJA
21/01/2014 - 19:18
Rio de Janeiro
Sem entregar casas populares, Pezão promete reforma de três estádios em Nova Friburgo 
Obras custarão 2,2 milhões de reais. Governo do estado do Rio de Janeiro prometeu 8.000 casas para região serrana após chuvas de 2011, mas só entregou mil 
Daniel Haidar, do Rio de Janeiro 
Das 8.000 casas prometidas pelo governo do Estado do Rio de Janeiro para cidades da região serrana devastadas pelas chuvas de abril de 2011, só mil foram entregues até agora. A promessa foi posteriormente reduzida a 4.702 unidades pelo governo, mas ninguém sabe ao certo quando as 3.700 restantes ficarão prontas. A cidade de Nova Friburgo enfrenta mais uma época de chuvas com moradias precárias e parte da população dependente do subsídio conhecido como "aluguel social" para ter um teto provisório. Mesmo assim, na última segunda-feira, o vice-governador Luiz Fernando Pezão, pré-candidato ao Palácio Guanabara, aterrissou na cidade no helicóptero oficial para prometer mais construções. Não de casas, mas de estádios de futebol. Pezão assinou convênio para gastar 2,2 milhões de reais na reforma de estádios municipais em Riograndina, Campo do Coelho e Cordoeira. 
Apesar dos recursos escassos do orçamento estadual e dos sucessivos atrasos na entrega de moradias prometidas à população, Pezão alega que um projeto não atrapalha o andamento do outro. Agora, o governo do Estado promete entregar quase 5.000 moradias até o fim de 2014. Ou seja, em pouco menos de 12 meses, diz que o governo vai fazer mais do que executou em quase dois anos. 
A situação da cidade ainda é crítica. Os alagamentos deixaram de ser episódios extremos: qualquer chuva inunda áreas do centro e dos bairros. Na última quinta-feira, uma chuva normal de verão, que durou cerca de meia hora, deixou inundadas áreas do centro e a Praça do Suspiro - locais também afetados pelo temporal de 2011 (Fonte)". 

domingo, 28 de setembro de 2014

PEZÃO: O FRACASSO NA SEGURANÇA PÚBLICA

Pezão prometeu a "pacificação" do estado do Rio de Janeiro.
Não pacificou nada, ao contrário, espalhou a violência por todo estado.
Nem as comunidades onde foram implantadas as UPPs foram pacificadas.
Um fracasso completo, apesar da ajuda das Forças Armadas.
Não custa lembrar que o Exército Brasileiro está intervindo em parte do Rio de Janeiro, em face da ineficiência do governo Pezão.

(Fonte: Jornal Meia Hora)


(Fonte: Jornal Extra)

PEZÃO: O FRACASSO NA SAÚDE PÚBLICA

A população do estado do Rio de Janeiro sofre com o descaso do governo Pezão com a saúde pública.
Os cidadãos vivem verdadeiros martírios em hospitais e clínicas.

(Fonte: Jornal O Dia)

PEZÃO É UM BOM PARENTE, ELE AJUDA MUITO A FAMÍLIA...

Pezão é um bom parente, isso não resta dúvida.
A ajuda a cunhada...


(Fonte: Revista Época)


A ajuda ao enteado...

(Fonte: O Globo)

GAROTINHO VOLTA A CITAR ESCÂNDALOS ENVOLVENDO O PMDB DE PEZÃO

Garotinho segue apontando os inúmeros escândalos do Governo Pezão.

(Fonte: O Globo)

HOJE - CARREATA - MARCIO GARCIA - ZONA OESTE



Hoje teremos mais um encontro em carreata.
E desta vez será por alguns bairros da zona oeste. 
CONCENTRAÇÃO às 09:00 horas na Rua Santa Cícília, 64 - Bangu, saída as 10:00 horas.
CHEGADA em Realengo, na Rua Ceriba, próximo ao Murundu, no quiosque do Henrique.
Participem e divulguem.

sábado, 27 de setembro de 2014

DEBATE: GAROTINHO FEZ DENÚNCIA CONTA A "GLOBO", PEZÃO DESCONVERSOU...

Ontem, no debate promovido pela Rede Record, Garotinho fez uma denúncia contra as Organizações Globo e perguntou o que Pezão achava sobre o fato.
Pezão, como tem nas Organizações Globo um forte aliado, desconversou...

(Fonte: O Dia)

"PACIFICAÇÃO" DE PEZÃO IMPEDE QUE ALUNOS TENHAM AULA NA MARÉ

(Fonte: Jornal Meia Hora)

AMANHÃ - MÁRCIO GARCIA - CARREATA NA ZONA OESTE



Amanhã, (dia 28) teremos mais um encontro em carreata. 
E desta vez será por alguns bairros da zona oeste. 
CONCENTRAÇÃO às 09:00 horas na Rua Santa Cícília, 64 - Bangu, saída as 10:00 horas. 
CHEGADA em Realengo, na Rua Ceriba, próximo ao Murundu, no quiosque do Henrique.
Participem e divulguem.

NOVO ESCÂNDALO NO GOVERNO PEZÃO. SERÁ QUE ELE VAI SUBIR MAIS NAS PESQUISAS?



No Rio de Janeiro, quanto mais surgem escândalos no governo Pezão, mais ele sobe nas denominadas "pesquisas eleitorais".
A Revista Veja publica um novo escândalo no governo Pezão, será que ele continuará subindo nas pesquisas?
"REVISTA VEJA
26/09/2014 - 20:50
Rio de Janeiro
Pezão ou Paizão
Advogado Roberto Horta, enteado do governador do Rio de Janeiro, formou banca de clientes que detêm concessões públicas com o estado
O advogado fluminense Roberto Horta é jovem. Tem 33 anos e saiu dos bancos da universidade há apenas uma década. É praticamente um desconhecido nos meios jurídicos e tem uma banca pequena, mas está em ascensão no mercado. Seu sucesso, porém, pode estar perigosamente ligado ao fato de ele ter um pai poderoso – o governador do Rio de Janeiro e candidato à reeleição Luiz Fernando Pezão (PMDB). Horta é enteado do governador, que o criou desde menino e o chama de filho. E 70% do faturamento da banca que ele formou com o primo, Horta & Jardim Associados, vêm de concessionárias de serviços públicos ou de fornecedores do estado. Fundado em 2008, o escritório é especializado em causas trabalhistas. E seu cliente mais notório é a construtora Delta, do empresário Fernando Cavendish. Foi no período de Pezão a frente da Secretaria de Obras da gestão Sérgio Cabral que a empresa tornou-se uma das mais importantes empreiteiras do Rio de Janeiro, integrando consórcios de obras gigantescas como a do Arco Metropolitano e a bilionária reforma do Maracanã. Em 2012, a construtora foi acusada pela Polícia Federal de desviar pelo menos 300 milhões de reais dos cofres públicos para empresas fantasmas. Naquele mesmo ano, entrou em recuperação judicial. 
Numa busca no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, no Rio de Janeiro, encontram-se ao menos cinco processos iniciados a partir de 2010 em que o escritório Horta & Jardim figura como defensor da Delta. Várias outras disputas jurídicas já encerradas também tiveram a participação de Roberto Horta Jardim e seu sócio, o primo Flávio Cautiero Horta. A Delta, porém, não é a única prestadora de serviços do governo defendida pelo filho de Pezão. A principal cliente do escritório é a concessionária Light, que responde por 54% do faturamento, de 1 milhão de reais. Embora seja uma concessão federal, a Light também presta serviços ao estado. Entre os anos de 2010 e 2011, embolsou 9,3 milhões para fazer o remanejamento de redes elétricas das obras do arco metropolitano. No Tribunal de Justiça, mais de 200 processos da empresa são defendidos por Roberto e outros advogados. Além deste, outro escritório que prestou serviço para a Light nos últimos anos foi o Coelho & Ancelmo Advogados, de Adriana Ancelmo, mulher de Cabral. Da Light, a antiga primeira dama recebeu 2,5 milhões de reais em honorários. Seu caso é parecido com o de Horta, embora os valores sejam bem mais expressivos. Entre 2007 e 2013, o escritório da primeira-dama viu seu faturamento mais do que quintuplicar, de 2,1 para 11 milhões de reais, sustentado principalmente por fornecedores e concessionárias do estado (Leia mais)".

GAROTINHO PROMETE INVESTIR NO SANEAMENTO BÁSICO



Garotinho promete investir no saneamento básico de comunidades da Zona Norte 
Candidato do PR comentou corrupção na cúpula da Polícia Militar e afirmou que corporação vive uma grave crise. 
O candidato ao governo do Rio pela coligação Força do Povo (PR-Pros-PT do B), Anthony Garotinho, percorreu nesta sexta-feira (26), em carreata, diversas comunidades de Cordovil, Parada de Lucas, Vigário Geral e Acari, onde constatou o abandono dessa região da Zona Norte do Rio pelo poder público. O ex-governador prometeu investir prioritariamente no saneamento básico, através da Cedae (Companhia Estadual de Águas e Esgotos), e na segurança da população. 
“O povo aqui está completamente abandonado à própria sorte. As pessoas não podem viver com esgoto na porta de casa ou crianças brincando em valas abertas. Água e esgoto significam saúde. Essa será minha prioridade aqui, além da segurança pública”, anunciou o candidato, que já se comprometeu em impedir a privatização da Cedae e trabalhar para tornar a empresa eficiente. 
O candidato do PR comentou ainda a corrupção na cúpula da Polícia Militar e criticou a postura do governador Luiz Fernando Pezão, que decidiu não demitir o comandante da PM, coronel Luís Castro, apesar das denúncias do Ministério Público. “O comandante-geral foi denunciado e o governador Pezão age como se nem fosse com ele. Isso é uma grande hipocrisia. É uma crise grave que põe por terra a mística de que eles tinham moralizado a polícia. Agora estamos vendo que não é nada disso”, acusou Garotinho, para a quem a corporação vive sua mais grave crise. 
Após a carreata, o ex-governador comentou também a denúncia de favorecimento a um sócio do presidente da Alerj, Paulo Mello, e do presidente regional do PMDB, Jorge Picciani, em contratos milionários com o governo do estado. Segundo denúncia do site da Revista Veja, o empresário Mário Peixoto tem R$ 480 milhões em contratos, alguns sem licitação e a grande maioria com aditivos. Além de sócios, Paulo Mello e Picciani foram padrinhos de casamento, em maio passado, do empresário num castelo na Itália. 
“É mais grave ainda essa denúncia da Veja. Descobrimos também que esse empresário esteve no casamento de Picciani, no Copacabana Palace. Todos esses escândalos estão servindo para mostrar ao povo que estamos diante de uma máfia no Rio, que tem tentáculos empresariais, políticos, econômicos e até no judiciário. Uma máfia poderosa que deixa o povo nessa situação de abandono e miséria enquanto eles celebram seus casamentos em castelos da Itália ou no Copacabana Palace”, condenou.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

O "RETORNO" DE SÉRGIO CABRAL E OS PROTESTOS DO POVO NAS RUAS

A população fluminense foi para as ruas gritar: FORA CABRAL!
Centenas de milhares ocuparam a avenida Presidente Vargas em um ato histórico.
Todos que participaram dessa mobilização cívica do "FORA CABRAL" e que inclusive estiveram por diversas vezes em frente ao Palácio Guanabara pedindo a saída de CABRAL devem estar muito atentos nessa eleição da qual participa o VICE de SÉRGIO CABRAL, o candidato PEZÃO.
É preciso estar atento a todos os movimentos da dupla.
CABRAL sumiu, em face do seu gigantesco índice de rejeição e PEZÃO está sendo apresentado como algo novo na propaganda eleitoral, como se não tivesse sido o VICE de CABRAL por quase oito anos.
Uma estratégia para enganar o eleitor, isso é evidente.
A pergunta que todos devem se fazer:
- Se PEZÃO for eleito, qual será o papel de CABRAL no governo?
Cuidado para não ser enganado.

(Fonte: Jornal Extra)








A CRISE AUMENTA NA ÁREA DA SEGURANÇA PÚBLICA DO GOVERNO PEZÃO

Primeiro o Ministério Público (MP) investigou o Secretário de Segurança Pública Beltrame e o denunciou por improbidade administrativa e por superfaturamento de contratos. 
O MP quer que Beltrame devolva mais de R$ 130 milhões aos cofres públicos e solicitou a perda do cargo público. 
O MP parte agora para investigar os Coronéis da Polícia Militar que ocupam a cúpula da corporação: o Comandante Geral e os Chefes do Estado Maior Operacional e do Estado Maior Administrativo. 
A crise segue se agravando na área da segurança pública do governo Pezão.
(Fonte: Jornal Destak - RJ)





MARCIO GARCIA PROPÕE INCENTIVO FISCAL PARA CARROS ELÉTRICOS

A seguir matéria sobre projeto de minha autoria que visa a concessão de benefícios fiscais para os compradores de carros elétricos.
O projeto de Lei número 958/2014.


GAROTINHO DENUNCIA QUE PASSAGENS DE ÔNIBUS INTERMUNICIPAIS ESTÃO SUPERFATURADAS



"Ex-governador disse em Nova Iguaçu que em alguns casos, a tarifa cobrada dos usuários chega a ser 40% superior ao valor considerado justo 
O deputado e candidato ao governo do Rio, Anthony Garotinho, denunciou, nesta quinta-feira (25), durante caminhada em Austin, em Nova Iguaçu, que os preços das passagens dos ônibus intermunicipais estão superfaturados com valores que oscilam de 20% a 40%. Ele informou que um estudo recém concluído a seu pedido apontou o sobrepreço no valor das tarifas cobradas diariamente dos usuários.
Garotinho explicou que os preços cobrados pelas empresas de ônibus que operam as linhas intermunicipais oscilam entre 20 e 40%. Em alguns casos, apontou o estudo, superfaturamento chega a ser de 40%, dependendo do itinerário da linha.
O ex-governador classificou a situação como muito grave, e responsabilizou o governo do estado pelo superfaturamento. Segundo ele, o governo autorizou o aumento dos preços das passagens para favorecer os empresários, donos das empresas de ônibus, apontados por Garotinho, como os grandes financiadores da campanha dos candidatos do PMDB. “Isso é muito grave. Trata-se de uma denúncia muito séria. Tem lugar que o preço da passagem é 40% mais caro”, denunciou Garotinho, ressaltando que o estudo fora realizado por um especialista em engenharia de trânsito, com larga experiência no serviço público.
A cobrança extorsiva, destacou o ex-governador, será objeto de uma auditoria que ele prometeu realizar, caso seja eleito, logo nos seus primeiros dias de governo. “Além de perseguirem os motoristas das vans, os donos das empresas de ônibus colocaram as passagens 40% mais caras“, afirmou. O candidato do PR voltou a afirmar que irá estadualizar alguns dos principais hospitais municipais da Baixada Fluminense, como forma de melhorar a qualidade do atendimento prestado à população. Garotinho chegou a comparar o Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, a um matadouro. “As pessoas estão morrendo. O governo do estado diz que não tem dinheiro para melhorar a saúde, mas gasta R$ 1,5 bi na reforma do Maracanã”, repetiu o ex-governador, que reafirmou o seu compromisso de campanha de regulamentar o transporte alternativo, para que motoristas de Kombis e Vans possam voltar a trabalhar sem serem perseguidos pelo Detro – Departamento de Transportes Rodoviários. 
Renato Homem"

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

DENUNCIEI A COAÇÃO AOS BOMBEIROS AO TRE



"JORNAL EXTRA
Vice de Garotinho denuncia reunião de Pezão com bombeiros ao TRE
Por: Fabiana Paiva em 24/09/14 15:59
O vereador Marcio Garcia, candidato a vice na chapa de Anthony Garotinho (PR), protocolou uma representação pedindo que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) investigue as circunstâncias da reunião entre o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) com oficiais do Corpo de Bombeiros. O encontro político foi realizado na noite da última sexta-feira (19), no Clube dos Oficiais, na Barra da Tijuca.
Alguns oficiais teriam se sentido coagidos a participar, à paisana, da reunião com o governador-candidato e com o aspirante a uma vaga a deputado federal, o capitão Lauro Botto (PHS). O "convite" teria sido feito pelo celular funcional do coronel Marcelo Pinheiro, comandante do 3° Grupamento Marítimo (Copacabana).
Além do pedido de investigação ao TRE, o vereador vai apresentar uma representação contra os comandantes Marcelo Pinheiro e Ângelo Rocha (do CBA XI), sob a acusação de improbidade administrativa. Marcio Garcia também pedirá o afastamento do secretário estadual de Defesa Civil, Sérgio Simões, até o fim das eleições.
"Denunciei ao TRE para tomarem providências e vou pedir o afastamento dos comandantes até o fim das eleições para garantir igualdade na disputa política, porque os candidatos apoiados por eles podem entrar nos quartéis e ir a formaturas, enquanto eu já fui expulso só porque sou da oposição", afirmou o vereador.
Major do Corpo do Bombeiros, Garcia foi preso após a invasão do quartel central, no movimento SOS Bombeiros de 2011 (Leia mais)". 

Juntos Somos Fortes!

ELEIÇÃO - RIO - PEZÃO PODE FICAR INELEGÍVEL

(Fonte: O Globo)

GOVERNO PEZÃO - SEGURANÇA - SECRETÁRIO BELTRAME TAMBÉM FOI DENUNCIADO PELO MP

A crise na segurança pública do governo Pezão parece um "poço sem fundo".
O próprio secretário de segurança foi denunciado pelo Ministério Público, após cinco anos de investigações, por improbidade administrativa e superfaturamento de contratos.
O Ministério Público quer que Beltrame devolva aos cofres públicos mais de 130 milhões e que perca o cargo de delegado da Polícia Federal.
A imprensa parece ter esquecido as denúncias contra Beltrame.
Por que Pezão não exonerou Beltrame dando o exemplo?
Sem o exemplo de cima...


(Fonte: Site G1)



(Fonte: Jornal O Globo)

GOVERNO PEZÃO - SEGURANÇA - A CRISE SE AGRAVA A CADA DIA

(Fonte: Jornal Extra)

GOVERNO PEZÃO: BOMBEIROS FORAM OBRIGADOS A SE REUNIREM COM PEZÃO

A representação está sendo elaborada desde ontem.
Oficiais foram constrangidos e obrigados a comparecer em uma reunião com o candidato Pezão.
A materialidade que comprova a coação é robusta.
O uso da máquina administrativa está comprovado.
Certamente, a justiça eleitoral adotará as medidas que a legislação determina.


(Fonte: Jornal Extra)