segunda-feira, 18 de agosto de 2014

RIO: NINGUÉM ESTÁ SEGURO



O atual governador Pezão, candidato à reeleição, afirmou em entrevista que instalará 90 (noventa) UPPs até 2018, ou seja, irá dar continuidade ao enfraquecimento dos efetivos dos batalhões e tornando as ruas cada vez mais inseguras.
Não duvidem que mantenha Beltrame como secretário de segurança, apesar do seu macabro fracasso.
A cada dia fica mais evidente que ninguém está seguro no Rio de Janeiro.
Nós iremos reorganizar o efetivo dos batalhões operacionais e trazer o policiamento ostensivo de volta para as ruas do Rio de Janeiro.
"JORNAL EXTRA
Um homem foi morto a tiro, na manhã desta segunda-feira, quando passava pelo bairro do Engenho Novo, na Zona Norte do Rio. O engenheiro da Petrobras Marcelo Magalhães Gonçalves, de 46 anos, teria reagido a uma tentativa de assalto, segundo informações de policiais militares do 3º BPM (Méier). O crime foi na Avenida Marechal Rondon por volta das 7h. Marcelo estava ao volante de sua caminhonete e chegou a ser levado para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, também na Zona Norte, mas não resistiu ao ferimento (Leia mais)".
Foto: Bruno Gonzalez/Jornal Extra,

Nenhum comentário:

Postar um comentário