sábado, 16 de agosto de 2014

RIO: "PACIFICAÇÃO" EM GUERRA



O governo Cabral-Pezão-Beltrame está colhendo os frutos que plantou após oito anos sem conseguir implantar uma política de segurança pública para o estado do Rio de Janeiro, o pior é que quem sofre é a população e os policiais.
"JORNAL DO BRASIL
Hoje às 18h35 - Atualizada hoje às 19h31
Pacificação em guerra
Moradores da Vila Cruzeiro vivem mais um dia de tensão
A política de pacificação do governo do estado do Rio de Janeiro foi colocada mais uma vez em xeque nesta sexta-feira no Complexo da Penha, na Zona Norte. Alguns estabelecimentos comerciais e uma escola no Parque Proletário, na Vila Cruzeiro, foram obrigados a fechar as portas por ordem de traficantes da região. Segundo a Coordenação da Polícia Pacificadora, durante patrulhamento na madrugada desta sexta-feira, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Parque Proletário foram surpreendidos a tiros pelos bandidos, na localidade conhecida como Periquito (Leia mais)".

Nenhum comentário:

Postar um comentário