terça-feira, 26 de agosto de 2014

RIO: ATÉ QUANDO PACIENTES MORRERÃO POR FALTA DE ATENDIMENTO?



Por que o governo do PMDB no Rio de Janeiro não valoriza a vida humana?
Após quase oito anos de governo a população continua agonizando e morrendo na porta dos hospitais públicos.
Vamos mudar isso.
"SITE G1
25/08/2014 12h59 - Atualizado em 25/08/2014 15h01
Paciente morre após ter atendimento recusado no Souza Aguiar, Rio
Profissionais foram afastados, informou a Secretaria Municipal de saúde.
Sérgio Tavares, de 59 anos, foi levado para o hospital com dores no peito.
O paciente Sérgio Tavares, de 59 anos, foi levado com dores no peito para emergência do Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio, no domingo (24). O filho tentou entrar no hospital para pegar uma cadeira de rodas para o pai, mas um funcionário, sem fazer nenhum exame clinico, mandou que eles fossem para a Coordenação de Emergência Regional (CER), que funciona ao lado da unidade. A informação foi publicada nesta segunda-feira (25) pelo Jornal Extra.
"A menina pediu para esse funcionário: Vai lá ver o caso do paciente. Quando ele chegou lá ele perguntou o nome e direcionou, foi exatamente isso. Ele não examinou o meu pai. Ele só no olhar viu que o meu estava se sentindo mal e direcionou para o CER", contou o filho de Sérgio Tavares, Leandro Batista.
Segundo a família do paciente informou ao RJTV, ele chegou a outra unidade em pior estado e foi diretamente encaminhado para a sala vermelha. Foram feitas tentativas de reanimação, mas ele não resistiu ao enfarte (Leia mais e assista o vídeo)".

Nenhum comentário:

Postar um comentário