segunda-feira, 18 de agosto de 2014

GAROTINHO DIZ QUE CONSTRUIRÁ HOSPITAL-MATERNIDADE EM PARACAMBI



Garotinho diz que construirá hospital-maternidade em Paracambi 
Foto: Inácio Teixeira 
Candidato do PR, líder nas pesquisas de intenção de voto, reafirmou que tratará a saúde com prioridade e que não faltam recursos para o setor. 
O candidato ao governo do Rio pela coligação Força do Povo (PR-Pros-PT do B), Anthony Garotinho anunciou, nesta segunda-feira (18), que irá construir o Hospital Maternidade de Paracambi, na Baixada Fluminense. Garotinho voltou a afirmar que dará um tratamento diferenciado à saúde, setor que, segundo garantiu, será tratado com total prioridade em seu governo. Ele salientou que não faltam recursos para melhorar a qualidade do atendimento prestado à população. 
“Cabral e Pezão dizem que o governo não tem dinheiro para cuidar da saúde do povo, mas teve R$ 1,5 bilhão para reformar o Maracanã. Quer dizer que tem pra estádio, mas não tem pra hospital? Na verdade, o que falta é prioridade, então no meu governo a saúde estará em primeiro lugar. Já o Maracanã, eu vou tomar de volta e devolver pro povo”, discursou Garotinho em visita a Paracambi. Ele criticou ainda o baixo investimento do governo do PMDB na saúde. Segundo o IBGE, o Estado do Rio investiu apenas 7% do orçamento. Garotinho promete dobrar o gasto com saúde. 
Durante caminhada no Centro do município, o candidato ouviu muitas queixas dos moradores. "É uma vergonha o sistema de saúde dessa cidade (Paracambi). Não sei o que anda fazendo o prefeito. Não é possível que uma cidade como esta não tenha aqui um hospital público decente para atender a população. As mães daqui têm que ir para outra cidade (Belford Roxo) para dar a luz", diagnosticou o candidato do PR. 
O ex-governador lembrou algumas de suas realizações no município. Recordou que foi sua a iniciativa de desapropriar uma antiga fábrica de tecidos em Paracambi, a Companhia Têxtil Brasil Industrial, para dar lugar ao Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi, pertencente a Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro). A unidade foi implantada com a finalidade de formar, nos cursos superiores de tecnologia, profissionais para áreas onde o mercado de trabalho apresentava carência de mão-de-obra, especialmente no Interior e Baixada Fluminense. 
Garotinho lembrou que a construção da escola possibilitou aos jovens do município e das cidades vizinhas o acesso a um ensino técnico gratuito e de qualidade. "Se hoje os jovens daqui podem estudar e ter um futuro melhor, foi porque fiz aquela beleza que é a Faetec. Teve gente até que duvidou, mas hoje o povo de Paracambi pode estudar numa escola técnica decente", sentenciou Garotinho, que visitou Paracambi acompanhado da deputada estadual Clarissa Garotinho, que concorre a uma vaga de deputada federal pelo PR. 
À tarde, o candidato participou de uma carreata pelas ruas de Santíssimo, Zona Oeste do Rio, onde reiterou o compromisso de implantar a Universidade do Professor para complementar a formação e atualização permanente dos professores da rede estadual de ensino. “Minha proposta com essa universidade é preparar o professor para a nova realidade educacional que pretendemos implantar no estado do Rio, em parceria com as universidades públicas já existentes. Diante do avanço tecnológico nos últimos anos, precisamos tornar a escola mais atraente para o aluno, combatendo dessa forma a evasão escolar”, explicou Garotinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário