domingo, 24 de agosto de 2014

AS UPPs, O ESTADO POLICIAL E A EVASÃO ESCOLAR

Nós temos insistido que para desenvolver socialmente as comunidades carentes não basta colocar só a polícia, isso acaba não produzindo os efeito sociais desejados e ainda se corre o risco de implantar um "estado policial", onde a polícia dirige a vida na comunidade.
Investir na educação pública, por exemplo, é imprescindível para a construção de um novo futuro para os jovens e para a comunidade como um todo.
A reportagem do jornal Meia Hora comprova como a educação pública está abandonada em comunidades com UPPs.

(Fonte: Jornal Meia Hora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário