RIO; POPULAÇÃO SOFRE COM AUMENTO DA VIOLÊNCIA



A violência está em cada rua do Rio de Janeiro. A gestão da segurança pública fracassou por completo. 

"REVISTA VEJA 
Segurança pública 
Assaltos nas áreas nobres do Rio são o dobro da ‘meta’ da Secretaria de Segurança 
Somente no primeiro semestre de 2014 houve 106% de roubos a mais do que o esperado na região onde empresária foi morta durante um assalto 
Leslie Leitão, do Rio de Janeiro 
O cruel e banal assassinato da empresária Maria Cristina Bittencourt Mascarenhas, de 66 anos, dona de um dos mais badalados restaurantes do Rio de Janeiro, o Guimas, na última quarta-feira, explicitou um problema que vem sendo tratado com leniência pelas autoridades que comandam a Segurança Pública do Estado. Mês após mês, os índices de criminalidade do 23º BPM (Leblon) – responsável pelo policiamento da região mais nobre da cidade, englobando Jardim Botânico, Lagoa, São Conrado, Ipanema, Leblon e Gávea, onde ocorreu o crime – vêm ultrapassando com folga todas as "metas" estabelecidas pelo governo. Sim, a Secretaria de Segurança têm metas estipuladas para o que considera tolerável. Para resumir o cenário do primeiro semestre de 2014, a "meta" para a área neste período era de 399 assaltos nas ruas dos seis bairros, mas o número total chegou a 824 roubos, ou seja, 106% acima do previsto (Leiam mais)".
Foto: internet.

Comentários

Postagens mais visitadas