POSSE ABANDONADA POR CABRAL-PEZÃO APÓS TRAGÉDIA DE 2011

(Fonte: O Globo)