GAROTINHO PROMETE REVER CONTRATO DE CONCESSÃO DA RJ-116



Garotinho promete rever contrato de concessão da RJ-116 
Concessionária Rota 116 tem como acionista a Delta Construções, envolvida em escândalos com o contraventor Carlinhos Cachoeira. 
Foto: Inácio Teixeira (Garotinho em Teresópolis) 
O candidato ao governo do Rio pela Aliança Republicana e Trabalhista (PR-Pros-PT do B), Anthony Garotinho, anunciou, nesta terça-feira (29), que, se for eleito em outubro para o Palácio Guanabara, irá rever o contrato de concessão da RJ-116 – rodovia que liga Itaboraí a Macuco, passando por Nova Friburgo. Garotinho passou o dia todo na Região Serrana, onde fez caminhadas conversando com os moradores e reuniões com empresários e lideranças políticas de Teresópolis e Friburgo. 
“O contrato original previa que a Concessionária Rota 116 construísse o Rodovia do Contorno em Nova Friburgo, com 20km de extensão, em contrapartida à cobrança do pedágio. A empresa não fez a obra, mas as praças de pedágio continuam funcionando. Portanto, nosso compromisso será rescindir o contrato com a Rota, tomar a estrada e acabar com a cobrança de pedágio”, afirmou o ex-governador. O objetivo da construção desse trecho era retirar da área urbana da cidade o tráfego pesado de veículos. 
A Rota 116 tem quatro pontos de pedágio em Itaboraí, Cachoeiras de Macacu, Nova Friburgo e Cordeiro, ao preço de R$ 4,50 (carros de passeio) e R$ 9,00 (caminhões). Uma das empresas acionistas da concessionária Rota 116 é a empresa Delta Construções, de Fernando Cavendish, envolvida em escândalos de superfaturamento de obras, fraudes e pagamento de propinas com o contraventor Carlinhos Cachoeira. “O amigo do peito de Cabral, que foi dançar de guardanapo na cabeça em Paris com o ex-governador e outros secretários de estado”, lembrou Garotinho. 
Em Nova Friburgo, onde participou de um café da manhã com empresários locais, Garotinho anunciou a estadualização do hospital do município. E em Teresópolis, o candidato comprometeu-se com a população a construir um hospital geral que atenda a região. “Nessa campanha tenho deixado claro, que meu compromisso principal é com a saúde do povo”, disse o candidato, que durante sua gestão à frente do governo do Estado construiu cinco hospitais, enquanto o governo Cabral-Pezão não construiu nenhum e ainda fechou quatro unidades.
Apesar do frio e da chuva fina, Garotinho participou de duas caminhadas no centro de Friburgo e Teresópolis, ao lado da candidata ao Senado, Líliam Sá (Pros), e dos candidatos a deputado estadual, Alex Castelar e Marquinho do Cinema, e a deputado federal Pastor Jeremias.

Comentários