ESCÂNDALO COM BETHLEM SE AGRAVA E AFUNDA PEZÃO, PMDB E ALIADOS

O ex-xerife do Rio de Janeiro, homem de confiança de Pezão e Eduardo Paes, o deputado federal Rodrigo Bethlem (PMDB), afunda cada dia mais em um escândalo que parece não ter fim e leva consigo Pezão, Paes, o PMDB e aliados.


CAIXA DOIS O secretário Rodrigo Bethlem. 
Ele disse à mulher que embolsava R$ 85 mil por mês fora do salário
 (Foto: Mauro Pimentel/Futura Press)

"REVISTA ÉPOCA 
Nova gravação sugere caixa dois bancado pelo "rei do ônibus" na campanha do deputado Bethlem
Ex-secretário da Prefeitura do Rio e ex-vereador, o deputado federal Rodrigo Bethlem (PMDB) afirmou, em diálogo registrado em 2011 por sua ex-mulher, Vanessa Felippe, que "foi muito útil" ao empresário Jacob Barata
HUDSON CORRÊA E LEONARDO SOUZA
28/07/2014 16h18 - Atualizado em 28/07/2014 20h33 
Novo trecho de uma conversa gravada entre o deputado federal Rodrigo Bethlem (PMDB-RJ) e a empresária Vanessa Felippe, obtido com exclusividade por ÉPOCA, revela indícios de caixa dois na campanha de Bethlem pago pelo empresário do setor de transportes Jacob Barata, conhecido como “o rei do ônibus” do Rio. No diálogo, Bethlem admite que foi “muito útil” aos interesses de Jacob Barata quando esteve na Câmara Municipal do Rio. Bethlem foi vereador entre 2001 e 2004. "Eu fui muito útil pra esse cara na Câmara. Não foi pouco não, (foi) muito. Eu derrubei sessão, eu tirei projeto", disse Bethlem. Conforme revelou ÉPOCA na edição desta semana, Vanessa, ex-mulher de Bethlem, gravou a conversa entre os dois em novembro de 2011, quando discutiam a separação e o consequente pagamento de pensão alimentícia. 
Bethlem foi secretário municipal de Ordem Pública e posteriormente de Assistência Social do Rio entre 2009 e 2012. No trecho já publicado do diálogo, Bethlem admitiu que, enquanto secretário de Assistência Social, recebia R$ 85 mil em dinheiro por fora do seu salário, referindo-se provavelmente a propina desviada de contratos com a Secretaria. Ele reconheceu também que havia aberto uma conta não declarada na Suíça. 
>> Aúdio e vídeos: Gravações revelam que deputado Rodrigo Bethlem recebia propina na Prefeitura do Rio e mantém conta na Suíça (Link). 
No novo trecho da conversa (leia abaixo), Vanessa diz que sempre ajudou Bethlem em suas campanhas com dinheiro, “fosse através de Jacob” ou através do pai dela, o presidente da Câmara Municipal, Jorge Felippe. "Por várias campanhas, seu maior colaborador, aliás, em quase todas as campanhas, praticamente, o seu maior colaborador foi um homem chamado Jacob. Eu te ajudei com dinheiro, Rodrigo", disse Vanessa. Além de não negar o recebimento da contribuição, Bethlem acrescentou ter construído uma relação com o empresário (Leia mais)".

Comentários

Postagens mais visitadas