sábado, 7 de junho de 2014

SECRETÁRIO DE SEGURANÇA BELTRAME É EXONERADO


A charge acima foi publicada no jornal O Globo no dia seguinte à exoneração de um Comandante Geral da PMERJ anunciada pelo Secretário Beltrame.
O título desse artigo deveria ser a manchete dos jornais do dia 15 de maio de 2014, um dia após ter se tornado público as gravíssimas denúncias do Ministério Público contra Beltrame de improbidade administrativa e de superfaturamento dos contratos relacionados com viaturas da Polícia Militar.
Isso inexplicavelmente não ocorreu.
Por que?
Para responder a tal pergunta temos que entrar no alagadiço terreno dos boatos.
A principal versão para a não exoneração imediata sinaliza que não seria adequado substituir o Secretário de Segurança às vésperas da Copa do Mundo.
Parece coerente, mas não concordo.
Se a gestão está ruim, a tendência é só piorar com os protestos da Copa.
Basta dar uma olhada nas condições dos PMs que trabalham no Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos e no Batalhão de Campanha.
Pezão vai esperar o caos completo para agir?
Outra versão, aparentemente mais lógica, dá conta que Beltrame ainda é um trunfo eleitoral para Pezão, por isso será mantido até as eleições pelo menos.
Considero isso um completo absurdo, pois Beltrame deve receber o mesmo tratamento que ele deu nesses quase oito anos aos Policiais Militares (PMs) e aos Policiais Civis (PCs). Ele afastou TODOS que foram acusados de qualquer crime, portanto, deve ser afastado. Além disso, ao ser acusado pelo Ministério Público, ele deixou de ser um exemplo para seus subordinados: os PMs e os PCs.
Diante desse deserto em termos de justificativas plausíveis para a omissão do governador Pezão em não ter exonerado ainda Beltrame, está surgindo um novo novo boato, dado como certo, fruto de um acordo.
Beltrame solicitará exoneração após a Copa do Mundo.
Você acredita que se a Copa for um sucesso com a vitória do Brasil, Beltrame pedirá exoneração?
Eu não acredito.
Isso parece mais uma manobra para enganar o povo desse péssimo governo que se instalou no Rio de Janeiro. Obra de algum assessor de imprensa interessado em continuar pendurado nas tetas do poder.
Pezão tinha o dever de exonerar Beltrame no dia 15 de maio de 2014.
Essa é a verdade, fora dela, boatos e mentiras.


Nenhum comentário:

Postar um comentário