POLÍCIA MILITAR PODE INVESTIGAR

(Fonte: Jornal Extra)