terça-feira, 13 de maio de 2014

UPPs: VALEU TUDO PARA REELEGER SÉRGIO CABRAL




Objetivando reeleger Cabral em 2010, ocorreu um vale tudo no programa das UPPs.
Conheça essa discriminação.
"REVISTA VEJA 
Radar online
POLÍCIA MASCULINA
Dezenas de mulheres estão entrando na Justiça do Rio de Janeiro contra a política de contratação de policiais militares para a corporação. 
Nos últimos anos, o efetivo da PM cresceu no Rio – aproveitando o concurso de 2010 – para fortalecer as UPPs. A PM, no entanto, priorizou policiais do sexo masculino que tiraram notas inferiores a mulheres. 
Um caso emblemático ilustra as ações: uma mulher com média de 6,85 foi preterida por um homem com média 5 nas provas de português, história, geografia, direitos humanos, sociologia informática, legislação de trânsito e redação. O hoje PM, aliás, tirou nota 1 em português, enquanto a mulher alcançou a nota 9. 
Por Lauro (Fonte)". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário