sexta-feira, 9 de maio de 2014

RIO: SEM ORDEM, SEM PROGRESSO.


A frase "ORDEM E PROGRESSO" está contida na bandeira brasileira.
Bandeira que estará presente nas casa, nas ruas e nos estádios de futebol durante a realização da Copa do Mundo.
Infelizmente, não podemos esperar que a ORDEM também se faça presente nas ruas do Rio de Janeiro, considerando que o governo estadual se mostra incompetente para manter a ordem pública.
Vivemos uma situação absurda na cidade maravilhosa, onde todo protesto acaba se transformando em atos de vandalismo e desordem.
Ruas são bloqueadas, comércios são saqueados, ônibus são incendiados, estabelecimentos bancários são destruídos, Policiais Militares e manifestantes são feridos.
Não importa quantas vezes esses atos aconteçam, o governo sempre demonstra o seu despreparo para evitar que eles ocorram.
Ontem, centenas de ônibus foram depredados.
Onde estava a polícia?
O governo Pezão é incapaz de manter a ordem pública, eis a verdade.
Acuada pela violência a população sofre as consequências dessa incompetência governamental.
Movimentos populares anunciaram que realizaram inúmeros atos nas ruas antes e durante a realização da Copa do Mundo.
Os Policiais Militares que são os responsáveis diretos para implementar as ordens do governo nas ruas, estarão a cada dia mais cansados fisicamente e mais estressados emocionalmente em decorrência do corte de suas folgas.
A fórmula do fracasso está implementada.
Tem tudo para dar errado.
O aumento das manifestações somada ao cansaço e ao estresse da tropa da Polícia Militar não poderá resultar na manutenção da ordem pública, isso é público e notório.
É a tragédia anunciada.
Resta a cada um elevar seu pensamento a Deus e clamar por proteção para todos nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário