terça-feira, 6 de maio de 2014

RIO: EDUCAÇÃO PODE ENTRAR EM GREVE


O Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (SEPE) convoca tos os profissionais da rede estadual e municipal do Rio de Janeiro para a assembléia que será realizada amanhã, dia 7 de maio, às 14:00 horas, no Clube Municipal.
A categoria pode entrar em greve diante do impasse com os governantes.
"Da Copa eu abro mão, eu quero mais dinheiro para saúde e educação".
Eu concordo com a manchete do "Conselho de Classe", informativo da educação.
Lembro que um país não se faz com Copa do Mundo e muito menos com a construção (reforma) de estádios de futebol caríssimos. Um país se constrói a partir de uma educação pública de boa qualidade para o seu povo, conduzida por profissionais qualificados e valorizados.
Li no face uma referência aquele triste episódio de racismo ocorrido na Espanha, quando um torcedor jogou uma banana perto do jogador Daniel Alves. Ele pegou a fruta e comeu. Uma reação que ganhou enorme repercussão e que nas redes sociais se multiplicou com a velocidade dos vírus.
Surgiram milhares de fotos de famosos segurando bananas, apoiando o jogador.
O usuário do face recomendou que no Brasil jogássemos livros nos campos de futebol ao invés de bananas, quem sabe a população não os pegasse e resolvesse ler.
Uma gozação mas que expressa a triste realidade brasileira: milhões de analfabetos e de analfabetos funcionais.
É hora da população exigir o seu direito de ter acesso à educação de boa qualidade.
É hora da população apoiar a luta dos profissionais de educação.
É hora de escola!
Fonte: SEPE.


Nenhum comentário:

Postar um comentário