sábado, 10 de maio de 2014

EMPRESAS DE ÔNIBUS AMEAÇAM GREVE NA COPA DO MUNDO



A péssima gestão da segurança pública no estado do Rio de Janeiro pode ser a causa de um protesto inusitado: greve das empresas de ônibus.
Tenho escrito diariamente sobre os efeitos da insegurança que a população vivencia no Rio, uma situação que tem como causa primária a falta de policiamento ostensivo nas ruas.
Sem o policiamento fica impossível o exercício das ações preventivas e a manutenção da ordem pública.
Tal realidade faz com que cada protesto acabe se transformando em atos de desordem, vandalismo e saques.
Basta o leitor interessado fazer uma pesquisa na internet e constatará quantos protestos se transformaram em desordem.
Ontem, a greve dos rodoviários se transformou em desordem  e 531 ônibus foram danificados.
Os rodoviários tem todo direito de lutar por salários justos e por adequadas condições de trabalho e cabe aos empresários negociar tais questões, mas não podemos esquecer que depredar ônibus não é o caminho para solucionar os problemas.
Ônibus não tem seguro, anunciaram os empresários. 
Diante do prejuízo os empresários de ônibus estão ameaçando fazer uma greve na Copa do Mundo, algo inédito no Rio de Janeiro.
Todo esse caos tem como raiz a insegurança que o cidadão fluminense está obrigado a suportar.
Fonte: O Globo.
Foto: ônibus incendiado em Niterói.

Nenhum comentário:

Postar um comentário