terça-feira, 15 de abril de 2014

UM PAÍS NÃO SE CONSTRÓI COM ESTÁDIOS DE FUTEBOL



 
 
Manifestantes estão nesse momento realizando o quinto ato contra a realização da Copa do Mundo, isso no Centro da cidade de São Paulo.
O ato segue pacífico até o presente momento de acordo com o contido no site do Estadão (Fonte).
 
 
A grande verdade é que a população brasileira não engoliu os gastos exorbitantes com as reformas e as construções de estádios para a realização dos jogos da Copa do Mundo de Futebol no Brasil.
Um país onde os hospitais públicos carecem de recursos humanos e materiais para salvar vidas, jamais poderia ter se dado ao luxo de gastar bilhões para realizar um evento esportivo, isso é uma verdade.
No Rio de Janeiro, milhares de pessoas ocuparam prédios da Empresa OI reclamando da falta de moradias populares, como explicar o gasto com os estádios?
Não existe justificativa para priorizar a Copa da FIFA em detrimento da saúde pública e da construção de casas populares, obviamente.
Ninguém acredita que o movimento "Não Vai ter Copa" conseguirá impedir a realização do evento e só o tempo dirá se os protestos reunirão dezenas, centenas ou milhares de pessoas, mas ninguém duvida que as manifestações acontecerão em todas as cidades onde ocorrerão jogos.
Será o povo, mais uma vez, nas ruas lutando por seus direitos.
Um país não se constrói com estádios de futebol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário