segunda-feira, 21 de abril de 2014

SAÚDE PÚBLICA: NA FALTA DE MÉDICOS, POLICIAIS MILITARES REALIZAM PARTO



A crise na saúde pública no Rio de Janeiro está cada vez mais grave em decorrência da má gestão dos governantes.
Ontem, um fato que poderia ter um desfecho trágico, teve um final feliz graças a ação de dois Policiais Militares que trabalham na UPP da Mangueirinha.
A senhora Leilane Nascimento da Silva buscou socorro em trabalho de parto no Hospital Municipal Barata Ribeiro, mas não foi atendida pela falta de médicos pois a unidade não tem emergência, sendo especializada em ortopedia e cirurgia plástica. Leilane estava na calçada em frente ao hospital junto com seu esposo quando pediram ajuda aos Soldados Lucas Costa e Marcondes Souza que estavam em patrulhamento e como a criança estava prestes a nascer, os Policiais Militares auxiliaram no parto, isso no local.
Mãe e criança foram em seguida levados para o Hospital Maternidade Fernando Magalhães, em São Cristóvão e passam bem.
A secretaria municipal de saúde prometeu apurar o que ocorreu.
Uma Páscoa que será inesquecível para a família e para os dois Policiais Militares, aos quais parabenizo.
Eu tenho insistido que existem dois Rios de Janeiro: um real, repleto de problemas e outro maravilhoso, mas que só existe na propaganda governamental.
Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário