quinta-feira, 3 de abril de 2014

RIO EM FESTA: CABRAL RENUNCIOU APÓS O FRACASSO NO GOVERNO



Finalmente, a população do Rio de Janeiro poderá festejar, após adiar algumas vezes, Sérgio Cabral renunciará.
Ele deixará no seu lugar o vice Pezão, seu parceiro inseparável nos erros que cometeu na gestão do governo do Rio de Janeiro.
Cabral deixa o governo em baixa e corre o risco de ter que disputar uma cadeira de deputado federal, pois as chances de ser eleito senador são cada dia menores.
O seu governo foi péssimo, deixando os serviços públicos essenciais ainda em situação precária. 
Conhece bem essa verdade quem possui filhos matriculados em escolas públicas, quem precisa usar os transportes públicos, quem precisa buscar socorro nos hospitais públicos e toda a população fluminense que padece com a insegurança e a violência.
Na área da segurança pública, além de municipalizar as ações na Capital, esquecendo que devia governar para o estado, nem com o emprego de mais de 10.000 Policiais Militares, Cabral conseguiu implantar a "pacificação" nas comunidades carentes, sendo o responsável pela transferência de criminosos para outros municípios.
O governo Cabral perseguiu os funcionários públicos.
Chamou médicos de vagabundos.
Jogou bombas em Professores que protestavam nas ruas.
Chamou Bombeiros de vândalos, jogou bombas e efetuou disparos de fuzil contra Bombeiros Militares que ocupavam o Quartel General.
Ilegalmente, atirou nas solitárias da Penitenciária Bangu 1 Bombeiros e Policiais Militares que lutavam por salários dignos e por adequadas condições de trabalho.
Cabral vai tarde, não deixará saudades, mas deixará uma grande lição: o povo não pode acreditar nas propagandas políticas exibidas pela imprensa que tem nos governos o seu principal cliente.
O povo fluminense precisa saber diferenciar o Rio de Janeiro real do Rio de Janeiro que só existe na propaganda e votar em conformidade com o que vive na realidade, não na ficção da imprensa.
Infelizmente, nada podemos esperar de Pezão, ele é cópia do criador, mas temos que cobrar dele melhorias para a população do Rio de Janeiro, logo no primeiro dia.
Hoje é dia de festa!
Parabéns população do Rio de Janeiro.

Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário