terça-feira, 15 de abril de 2014

PRESIDENTE DA PETROBRAS "CONFESSA"


 
Hoje os olhos e ouvidos estavam voltados para o depoimento da presidente da Petrobras, senhora Graça Fortes, na audiência pública que aconteceu nas comissões de Assuntos Econômicos e na de Fiscalização e Controle do Senado.
Todos e todas queriam ouvir as explicações para a crise que se abateu sobre a Petrobras diante dos escândalos e da grande desvalorização sofrida.
O que se ouviu foi uma confissão: a compra da refinaria de Pasadena "não foi um bom negócio".
Isso todo mundo sabia.
O que o Brasil quer saber é quem vai pagar o prejuízo?
"JORNAL DO BRASIL
Hoje às 12h41 - Atualizada hoje às 14h54
Para Graça Foster, compra de Pasadena pela Petrobras "não foi bom negócio"
Agência Brasil
A presidenta da Petrobras, Graça Foster, reconheceu nesta terça-feira (15) que a compra pela estatal brasileira da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), foi um bom projeto no início, mas que se transformou em um projeto de baixa possibilidade de retorno. "Hoje, olhando aqueles dados, não foi um bom negócio, não pode ser um bom negócio. Isso é inquestionável do ponto de vista contábil." Segundo ela, o prejuízo para a Petrobras com aquisição da refinaria foi US$ 530 milhões (Leiam mais).

Nenhum comentário:

Postar um comentário