O ESCÂNDALO DA PETROBRAS PODE SER INVESTIGADO POR DUAS CPIs



A queda de braço entre a oposição e a base governista pode gerar uma fato inusitado: a existência de duas CPIs para apurar os escândalos da Petrobras.
A duplicidade na apuração não faz sentido, fere a economia processual, gera gastos desnecessários e perda de tempo.
A população quer que tudo seja devidamente esclarecido e com a urgência que a situação exige, sem manobras que tenham como finalidade retardar as investigações.
"O GLOBO
Renan pede indicações para que CPI da Petrobras comece em 6 de maio 
Enquanto o STF não se pronuncia, poderão funcionar inclusive duas comissões: uma só no Senado e outra mista Presidente do Senado destaca que vai recorrer de decisão da ministra do STF por investigação restrita 
Junia Gana 
30 de abril de 2014. 
BRASÍLIA - Após semanas de manobras protelatórias no Congresso, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), deu nesta terça-feira sinal verde para o início da CPI exclusiva da Petrobras. Confirmou, porém, que recorrerá ao pleno do Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão da ministra Rosa Weber, que impediu a inclusão de outros assuntos nas investigações. Enquanto o STF não se pronuncia, poderão funcionar inclusive duas comissões de inquérito: uma só no Senado e outra com senadores e deputados (Leia mais)".

Comentários

Postagens mais visitadas