terça-feira, 15 de abril de 2014

A PACIFICAÇÃO NO COMPLEXO DA MARÉ


As Forças Armadas seguem ocupando o Complexo da Maré e sendo alvo de ataques.
Desde o início da ocupação duas pessoas já morreram, uma em confronto com as forças de ocupação.
Isso revela que não será fácil essa fase de transição entre a ocupação e a implantação de uma Unidade de Polícia Pacificadora.
Vale lembrar que atualmente toda a responsabilidade pelas ações de segurança no Complexo da Maré recaem sobre as Forças Armadas, em face da implantação da Garantia da Lei e da Ordem (GLO).
Na prática, o governo estadual colocou o problema no colo das Forças Armadas, isso quando a presidente Dilma aceitou o pedido do governador Sérgio Cabral.
Temos que torcer para que a prometida pacificação um dia chegue e que o preço pago seja o menor possível.
Fonte: O Globo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário