RIO: TURISTAS SE TORNAM ALVOS FÁCEIS DA CRIMINALIDADE



A reportagem que transcrevo a seguir complementa a que publiquei no artigo anterior sobre a população da Zona Sul estar acuada pela violência.
"JORNAL DO BRASIL
Hoje às 06h06 Turistas se tornam alvos fáceis com aumento da criminalidade no Rio 
Hotéis redobram cuidado. 
Comunicado de ministério francês classifica carnaval de "violento" 
De acordo com a Riotur, 920 mil visitantes, entre estrangeiros e brasileiros, estão passando o carnaval no Rio de Janeiro. Conhecido internacionalmente pelos desfiles das escolas de samba na Sapucaí e pelos tradicionais blocos de rua, o feriado ganhou uma nova classificação: "violento". É o que diz um comunicado do Ministério de Relações Exteriores da França aos cidadãos que pretendem vir para a cidade no carnaval. O texto alerta que a festa carioca é “divertida e violenta”, além de explicitar que o bairro de Copacabana, na zona sul, concentra o maior número de assaltos e furtos do Rio. 
Segundo o levantamento do Instituto de Segurança Pública (ISP), só nos meses de alta temporada de 2013, que compreendem janeiro, fevereiro e março, que possuem a maior rotatividade de turistas, as 12° e 13° Delegacias de Polícia (DPs), em Copacabana e Ipanema respectivamente, registraram um aumento do número de furtos e ocorrência do ano passado, em relação a 2012. Os índices apontam 288 casos de roubos (contra 293 de 2012), 2.594 furtos ( 2.382 em 2012) e 4.887 ocorrências (contra 4.687 de 2012). Já os dados publicados na última quinta-feira (27) também revelaram que todos os indicadores de violência subiram no ano passado, em relação a 2012. O número de homicídios dolosos (quando há intenção) aumentou 16,7 em 2013, os casos de latrocínio (roubo seguido de morte) subiram 2,8%, além da lesão corporal seguida de morte ter atribuído novos 17 casos aos índices do ano passado (Leiam mais)".

Comentários