O PMDB IMPRENSA O PT E GANHA MAIS DOIS MINISTÉRIO



A revolta da base aliada trouxe os primeiros frutos para o PMDB, o partido ganhou os Ministérios da Agricultura e do Turismo.
A pressão sobre o governo tem sido muito grande, nada mais, nada menos, que dez ministros foram convidados ou convocados para darem explicações na Câmara dos Deputados.
A Petrobrás também foi colocada no "olho do furacão".
O denominado "blocão" segue na pressão.
Interessante destacar que embora dentro do mundo político brasileiro as diferentes formas de pressão sejam usadas por alguns grupos, quando o funcionalismo público usa de mecanismos semelhantes para pressionar os governantes, logo aparecem vozes para criticar a atitude, alegando que faltou negociação.
Via de regra essa é uma alegação mentirosa, pois os funcionários públicos sempre estão abertos à negociação. A pressão só ocorre quando os governantes não respondem aos questionamentos, ou seja, não negociam e ficam empurrando as decisões para um futuro que nunca chega. Diante do impasse, os funcionários realizam paralisações ou greves, como última alternativa.
Na recente greve dos garis, alguns alegaram o oportunismo da mobilização, pois a greve ocorreu no Carnaval.
O próprio prefeito Eduardo Paes (PMDB) foi um que fez uso do argumento para colocar o povo contra os garis, não conseguiu e teve que ceder.
A presidente Dilma teve que ceder às pressões do PMDB, por sua vez Eduardo Paes (PMDB) teve que ceder às pressões dos garis.
Pau que dá em Chico, dá em Francisco, ensina o dito popular. 

Comentários

Postagens mais visitadas