O BAIXO CRESCIMENTO DA ECONOMIA DISPARA O ALARME




O governo federal tenta passar a ideia de que a economia brasileira vai muito bem obrigado, mas quem tem que administrar o salário para pagar as contas não constata esse fato, muito pelo contrário.
A Confederação Nacional do Comércio acaba de demonstrar a sua preocupação.
Devemos ficar atentos.
"JORNAL DO BRASIL 
Economia 
Hoje às 15h06 - Atualizada hoje às 15h08 
O baixo crescimento da economia brasileira
Ainda há tempo para correção dos desvios
A Confederação Nacional do Comércio (CNC), em seu boletim “Síntese da Conjuntura”, elaborado pelo economista e ex-ministro do Planejamento, Ernane Galvêas, destaca o fraco crescimento da economia brasileira e manifesta a preocupação da diretoria da entidade com a falta de tempo do país em fazer as correções de rumo. Segundo o boletim, a economia nacional atravessa uma fase de baixo crescimento e de preocupantes desequilíbrios em alguns setores, como é o caso do permanente déficit fiscal e crescimento da dívida pública, da inflação, da estagnação industrial, da deficiente infraestrutura dos transportes e do desequilíbrio do balanço de pagamentos (Link)".

Comentários