CRISE NO GOVERNO DILMA ROUSSEFF


 
As coisas não nadam nada boas para a presidente Dilma Rousseff no Congresso em face do embate entre o PMDB e o PT.
Usando um termo do cotidiano político, a "governabilidade" está em sério risco, após o racha do denominado "blocão".
Os resultados tem sido derrotas do governo e a convocação de ministros.
Enquanto o PT e o PMDB não reatarem, a crise terá continuidade, pior é que a "sede" do PMDB por cargos é quase insaciável.
Ontem, o PMDB e o PP ficaram em lados opostos, sendo que o PP apoiou o governo.
Alguém terá que chamar os bombeiros para apagar esse incêndio.
"O GLOBO
Após racha no blocão, comissão da Câmara aprova pedidos para ouvir Graça Foster e cinco ministros
Briga de PMDB e PP termina na convocação de titulares de quatro pastas
Houve acordo para impedir a convocação do ministro Edison Lobão
BRASÍLIA - O racha no “blocão” na votação de terça-feira à noite para criação de uma comissão externa sobre a Petrobras - com PP ficando a favor do governo mesmo sendo do blocão - teve reflexos na Comissão de Finanças, Fiscalização e Controle. Depois de discussão e troca de farpas entre PMDB e PP, a comissão aprovou hoje convocações e convites a ministros e à presidente da Petrobras, Graça Foster, darem explicações. Foram convocados os ministros Aguinaldo Ribeiro (Cidades), Manoel Dias (Trabalho), Gilberto Carvalho (Secretaria Geral da Presidência) e Jorge Hage (CGU), além dos convites para Arthur Chioro (Saúde) e Graça Foster, esta última para prestar esclarecimentos à Casa sobre contratos da estatal com a SBM Offshore. Sem alarde, mais cinco ministros foram convidados por outras comissões a falar sobre o trabalho deles nas respectivas pastas (Leiam mais)".

Comentários

Postagens mais visitadas